Revista ADEGA
Busca

Após sete anos de proibição, vinho georgiano chega à Rússia

Depois de cerca de seis anos de embargo comercial dos vinhos produzidos na Geórgia, o governo russo autorizou a importação e distribuição de rótulos georgianos por todo o país.


Depois de cerca de seis anos de embargo comercial dos vinhos produzidos na Geórgia, o governo russo autorizou a importação e distribuição de rótulos georgianos por todo o país.

Em 2006, sob a alegação de baixa qualidade e riscos à saúde, o governo de Vladmir Putin proibiu a entrada de qualquer tipo de vinho e duas marcas de água no país. O governo da Geórgia, uma ex-república da União Soviética, alegou que a motivação de Putin foi política, uma vez que Mikheil Saakashvili, governante pró-Ocidente, havia sido eleito há pouco tempo.

Em março deste ano, a Rospotrebnadzor, associação responsável pelos direitos do consumidor russo, liberou as licenças para cerca de 40 produtores de vinho e quatro produtores de água da Geórgia circularem no país.

Durante o período da URSS, os produtos georgianos eram muito consumidos por todas as repúblicas e, após a queda do regime socialista, a Rússia chegou a ser o maior importador de rótulos da Geórgia.

Redação
Publicado em 20/06/2013, às 08h49 - Atualizado em 15/08/2013, às 22h28


Mais Notícias