Mundovino

Champagne vence mais uma e empresa terá que mudar o nome do seu sorbet

Aldi Süd na Alemanha vendia o Champagne Sorbet


Sorbet de Champagne

A empresa não poderá utilizar o termo "Champagne" no seu produto

Um tribunal alemão decidiu em favor dos produtores de Champagne em uma longa disputa sobre um sabor de sorvete vendido no país.

» Acidente inusitado em vinícola deixa quatro mortos na Itália

O sabor era descrito como “Champagne Sorbet” e vendido pela Aldi Süd na Alemanha. Mas agora o Supremo Tribunal Regional de Munique diz que o nome não pode ser usado. 

A decisão talvez tenha demorado, pois a Aldi já não vende mais o produto. De acordo com os documentos do tribunal, trata-se de um sorvete vendido pela Aldi no final de 2012, que continha cerca de 12% de Champagne entre seus ingredientes.

O tribunal questionou se o sorvete tinha, “como uma de suas características essenciais, um sabor atribuível principalmente à presença de Champagne”. Um porta-voz de Aldi Süd disse que o sorvete estava “disponível como produto promocional em dezembro de 2012” e não foi mais vendido desde então. 

Champanhe goza do status de nome protegido pela legislação da União Europeia, e o Comité Champagne tem um histórico de defesa vigorosa contra possíveis infrações em todo o mundo. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Arnaldo Grizzo

Publicado em 8 de Outubro de 2021 às 09:00


Mundovino Sorbet de Champagne Champagne Processo Sorvete