Revista ADEGA

Chardonnay

Chardonnay: a rainha branca das uvas

A Chardonnay desperta amores e rancores na mesma intensidade. Ame-a ou deixe-a poderia ser o slogan desta uva branca clássica e popular ao redor do planeta

Sílvia Mascella Rosa em 11 de Agosto de 2019 às 10:00

Fácil de ser cultivada, a Chardonnay se adapta aos mais variados solos e climas e é uma das principais uvas que compõem o Champagne

Os franceses das regiões da Borgonha e Champagne se autoproclamam descobridores da uva branca Chardonnay. Ampelografi stas (cientistas especializados no estudo das vinhas e uvas) divergem, contudo, desta visão, por conta de pesquisas que apontam que a casta teria surgido no Líbano e na Síria, para apenas depois ser levada à Europa por soldados das Cruzadas.

A França é, porém, realmente o solo onde a casta mostrou sua majestade e de onde conquistou outros reinos, com uma variedade de estilos encantadora. Fácil de ser cultivada, se adapta aos mais variados solos e climas. Como desvantagem, há, todavia, o fato de sua colheita ser bastante precoce, podendo perder qualidade quando o terroir (ambiente que cerca a uva e defi ne suas características) está suscetível a geadas de fi nal de primavera. “Só conseguimos colher a nossa Chardonnay depois de perder os frutos duas vezes na mesma safra, por conta do granizo do começo do verão”, explica o enólogo Jean Pierre Rosier, da vinícola catarinense Quinta de Santa Maria.

Leia mais:

Chablis: a terra da Chardonnay

As três cepas de Champagne na França

10 vinhos brancos que envelhecem bem

Outra característica que encanta os estudiosos do vinho na Chardonnay é o fato de ela suportar bem o amadurecimento em madeira, coisa rara entre as uvas brancas, permitindo sua preparação em uma notável diversidade de estilos.

Aromas e sabores de Chardonnay

[Colocar Alt]

Descoberta no Líbano, a Chardonnay atingiu o ápice na França

Os aromas dos vinhos Chardonnay podem variar bastante de acordo com a região e o estilo desejado pelo vinicultor, apresentando toques de maçãs verdes, melão, abacaxi e limão. Na boca, desperta a sensação de maciez quando cultivada em lugares mais frios; e untuosidade (sensação amanteigada), oleosidade e baunilha, em locais mais quentes. À mesa, seu vinho pode ser apreciado com vários pratos, em especial peixes e frutos do mar.

 

Chardonnay mundo afora

É impossível pensar em Champagne sem a Chardonnay, bem como em outros elegantes vinhos, como os também franceses Montrachet, PouillyFuissé e Chablis. No Novo Mundo, a casta é sinônimo de vinho branco nos Estados Unidos, além de ter ajudado a Austrália a entrar no mapa do mundo dos vinhos. Argentina, Chile e Brasil também têm bons exemplares de varietais (vinhos feitos a partir de uma única uva) de Chardonnay, além da importante participação dela nos espumantes nacionais.

Veja também:

+ Acompanhe as notícias de Chardonnay

+ Vinhos Chardonnay avaliados pela ADEGA

Vinhos brancos que passaram pelo processo bâtonnage


Notícias Chardonnay uva de vinho uva branca vinhos franceses


Douro Primeira Prova

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas