Mundovino

Dono da Heitz Cellar expande sua propriedade

Gaylon Lawrence Jr. compra vinícola Haynes Vineyard, no Napa Valley


Lawerence pretende produzir 13 hectares de vinhedos com lotes de Chardonnay e Pinot Noir

Gaylon Lawrence Jr., dono da Heitz Cellar (adquirida por ele em meados do ano passado), está expandindo seu império vinícola com a compra do histórico Haynes Vineyard na subdenominação de Coombsville, no Napa Valley, Califórnia. Este não é primeiro movimento de expansão de Lawrence neste ano, sendo que, três meses antes, ele arrematou Wildwood Vineyard, em Rutherford, também no Napa.

Leia mais:

10 rótulos de vinhos do Napa Valley

Gaylon Lawrence Jr. comprou a vinícola Heitz Cellars, no Napa

Leilão Premiere Napa Valley 2019 alcançou quase 3,7 milhões de doláres

Haynes Vineyard foi comprado de Pat Haynes por uma quantia não revelada. Lawrence planeja produzir pequenos lotes de Chardonnay e Pinot Noir com os 13 hectares de vinhedos. “Temos a honra de ter a oportunidade de preservar a história e o legado de uma vinícola tão grande. Estamos empolgados em contratar uma nova equipe para criar vinhos para esta nova aquisição”, disse Lawrence, que ainda não divulgou o nome de seu novo projeto.

Haynes Vineyard foi plantado na década de 1960 sob a direção de Louis Martini, da vinícola Louis M Martini, de Santa Helena, que recomendou o plantio de Chardonnay e Pinot Noir. Essas videiras, agora com 52 anos de idade, ainda prosperam no local. Durante anos, os vinhos foram produzidos sob a tutela de Andre Tchelistcheff, uma das lendas californianas.

“Enquanto esperamos continuar nosso relacionamento com essa vinícola, desenvolveremos nossa própria propriedade independente, criando uma expressão única e elegante das vinhas velhas no Haynes Vineyard”, apontou o CEO da Heitz, Carlton McCoy.

Veja também:

+ Vinhos do Napa Valley avaliados pela ADEGA

 

A fortaleza medieval Californiana no Napa Valley

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 14 de Novembro de 2019 às 14:00


Notícias Napa Valley Heitz Cellar Haynes Vineyard

Artigo publicado nesta revista