MundoVino

Decanter preserva o vinho após aberto

O projeto foi lançado por designer por meio de campanha de crowdfunding


 

Foto: Divulgação

Decantar e preservar o vinho por 12 dias. Essa é a promessa do criador do “eto” decanter, o designer Tom Cotton. A utilização é simples. Basta despejar o conteúdo da garrafa no aparato e, depois disso, servir normalmente nas taças. Ao passar pelo “eto”, a bebida é levemente oxigenada e os possíveis resíduos ficam presos. Caso o vinho não seja totalmente consumido, basta pressionar a parte superior para que ele fique perfeitamente conservado por até 12 dias.

Para lançar o produto, Cotton criou uma campanha de crowdfunding que rapidamente atingiu a meta. Das 55 mil libras pedidas, ela conquistou 777 mil através do apoio de 6891 entusiastas. Cotton diz que a inspiração para a criação do “eto” foi quando ouviu de amigos que eles usavam garrafas menores para preservar vinhos abertos, assim minimizavam o contato com o ar.

Uma das pessoas que testou a inovação foi o crítico e Master of Wine Richard Hemming. “No sétimo dia, para mim, não havia diferença perceptível entre uma garrafa recentemente aberta e uma conservada com o ‘eto’”, afirmou. O produto também foi testado pela Universidade Bangor. Nesse estudo, o “eto” saiu-se melhor do que produtos que injetam gás argônio e os que retiram o ar com bomba de vácuo.

 

 

Da redação

Publicado em 12 de Janeiro de 2019 às 11:00


Notícias Decanter