Escola do vinho

Grenache, Garnacha ou Cannonau. Conheça os diferentes nomes e dicas de vinhos

A casta ainda tem pelo menos mais dois nomes utilizados hoje em dia


Garnacha na Espanha, Grenache na França, Cannonau na Itália. Nomes diferentes para a mesma casta

Garnacha, como é conhecida na Espanha, ou Grenache, na França, é ainda a Cannonau – típica na ilha da Sardenha, na Itália. Aliás, em solo italiano, ela ainda recebe outro nome: Tocai Rosso, no Vêneto.

» 10 vinhos com o famoso blend GSM, que vem ganhando mais corações a cada ano

Na França, a Garnacha também pode levar o nome da região que primeiro a recebeu quando veio da Espanha, Roussillon.

Há quem acredite que o nome Cannonau tenha sido o primeiro usado para se dirigir à Garnacha, denotando uma possível origem italiana e não espanhola como se supunha até então. No entanto, as referências tanto a uma quanto à outra são muito próximas.

Além disso, como a Sardenha foi colônia espanhola de 1479 a 1720 e a primeira menção ao nome Garnacha é de 1513, é de se supor que haja uma relação próxima.

Vinhedo de Grenache na França plantada em sistema de arbustos

Graças à sua boa adaptação aos climas mais quentes, a Garnacha é uma das uvas mais plantadas do mundo. E para provar, confira abaixo algumas dicas para conhecer melhor essa casta:

Béret Frog by la Canorgue 2019

Béret Frog by la Canorgue 2019 - AD 90 pontos - Château la Canorgue, Rhône, França

Aqui a Grenache está na companhia da Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot. De corpo médio e de perfil gastronômico, tem acidez refrescante, taninos firmes e final também médio, com toques de mirtilos, de groselhas e de cacau.

 

Les Vignes de Bila-Haut Côtes du Roussillon Villages 2017

Les Vignes de Bila-Haut Côtes du Roussillon Villages 2017 - AD 91 pontos - M. Chapoutier, Languedoc-Roussillon, França

Este é um clássico GSM feito pelo renomado produtor francês Michel Chapoutier. Sempre consistente safra após safra, é um verdadeiro suco de frutas acompanhado de notas florais, especiadas e de ervas frescas.

Marqués de Casa Concha Rosé Cinsault 2019

Marqués de Casa Concha Rosé Cinsault 2019 - AD 91 pontos - Concha y Toro, Itata, Chile

Apesar de majoritariamente feito com Cinsault, esse é um exemplo dos excelentes rosés produzidos com a Garnacha. Fluido e gostoso de beber, conquista pelo volume de boca e pela profundidade.

Tío Uco 2017

Tío Uco 2017 - AD 92 pontos - Alvar de Dios, Toro, Espanha

Aqui, ao lado da Tempranillo, o destaque fica pelo cultivo biodinâmico e uso de parreiras com 25 a 40 anos. Esse vinho é elaborado pelas mãos do talentoso enólogo Alvar de Dios.

Viña Zorzal Malayeto 2016

Viña Zorzal Malayeto 2016 - AD 93 pontos - Viña Zorzal Wines, Navarra, Espanha

Este é um 100% Garnacha proveniente de um único vinhedo de 35 anos de idade. Um grande exemplar de Navarra que encanta pelo equilíbrio e pela elegância.

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 
 
Da redação

Publicado em 17 de Setembro de 2021 às 10:10


Escola do vinho Grenache Garnacha Cannonau Vinho Dicas de vinho