Almanaque do vinho

Maria Antonieta ou Madame Pompadour: de quem é o seio que moldou a taça para champagne?

A chamada taça coupe, repare, tem mesmo o formato de uma pequena mama feminina


Maria Antonieta representada aqui por Kirsten Durst

As histórias reais e fictícias sobre Maria Antonieta são inúmeras.

Alguns mitos nunca foram totalmente desmentidos, outros tantos são cultivados até hoje tamanha a fama que esta jovem rainha francesa nascida na Áustria e esposa do último dos Luíses, o XVI, possui.

Afinal, quem não lembra a frase: "Se não têm pão, que comam brioches", que ela teria dito em resposta aos que lhe diziam que o povo francês estava faminto e não tinha pão para comer.

Sempre mimada e, como toda a corte francesa da época, com uma queda pelos excessos, a rainha dizia-se, também era bastante narcisista.

Símbolo maior da opulência, tudo ao seu redor tinha a figura da monarca ou era feito para orná-la.

Clássica cena com a taça Maria Antonieta

Tanto que, fascinada pelo vinho da região de Champagne, Maria Antonieta teria solicitado que as taças em que o líquido era servido no palácio real tivessem a forma de seu seio para que a corte pudesse brindar e beber em sua honra.

A história ganha outros contornos quando diz que, na verdade, os seios que moldaram a taça são de Madame Pompadour, amante de Luís XV. Bela, influente e sedutora, ele teria mandado moldar a taça para dar de presente ao amante.

Há ainda quem diga que os seios eram da esposa de Napoleão, Josefina ou de Diane de Poitiers, amante do rei inglês Henrique II.

Assim como poderia ser de… Helena de Tróia!

Independentemente de quem ofereceu o seio para moldar a charmosa taça coupe, é importante dizer que ela, hoje, é mais usada para receber drinques do que espumantes.

Maria Antonieta ficou famosa com a frase "Se não têm pão, que comam brioches"

Como a sua boca é larga, ela dificulta a formação de espuma e, assim, faz com que os aromas se dispersem no ar.

Além disso, sua pequena altura não permite o correto desprendimento das borbulhas.

Foi por essas razões que surgiu a taça flüte, ou flauta. Com bojo alongado e boca pequena, ela permite que as borbulhas "dancem" até o topo e também conserva melhor o gás que escapa da bebida. Com menor superfície para evaporação, ela acaba concentrando a percepção dos aromas.

Nota do editor: a imagem que ilustra esta reportagem é da atriz Kirsten Durst. Ela interpreta Maria Antonieta no filme homônimo (Marie Antoinette, 2006), dirigido por Sophia Coppola.

» Que taça escolher? Há um modelo para cada tipo de vinho

» 10 erros comuns para evitar no mundo do vinho

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Da redação

Publicado em 12 de Agosto de 2021 às 20:00


Almanaque do vinho Taça Maria Antonieta Espumante Seio de Maria Antonieta Taça em forma de seio Maria Antonieta Madame Pompadour