Escola do vinho

Qual a diferença entre o Porto Colheita e o Porto Vintage?

Os dois são de uvas colhidas no mesmo ano, porém o amadurecimento é o que distingue um do outro


 

Porto Colheita versus Porto Vintage

São tantos estilos de Vinho do Porto que o enófilo pode ficar confuso nas compras

Quando falamos em Vinho do Porto logo nos deparamos com diversos estilos que vão muito além do branco, rosé ou tinto.

» Açúcar no vinho? Chaptalização é técnica tradicional. Mas causa polêmica!

Tawny ou Ruby, safrado ou não, vintage, colheita, LBV, Single Quinta...

Mas alguns deles podem causar confusão. É o caso do Colheita e o Vintage. Os dois são vinhos safrados, ou seja, feito apenas com uvas colhidas no mesmo ano, e são elaborados apenas em safras espetaculares.

Mas o que difere um do outro?

Colheita na Taylor's no Porto

Colheita na região do Douro para a produção de Vinho do Porto

A resposta está no amadurecimento. Enquanto o Colheita é mantido em madeira por pelo menos sete anos, o Vintage fica apenas dois. Seu envelhecimento, na verdade, se dá em garrafa.

O resultado é um vinho com grande complexidade e maior longevidade.

» Quais são as diferenças entre vinhos biodinâmicos, naturais e orgânicos?

» Taça de vinho: qual é o melhor material para degustar a bebida?

Na hora da compra é importante notar essa diferença. O Colheita, assim que é colocado no mercado, já está mais “pronto” que o Vintage. Esse ainda terá seu tempo em garrafa para chegar ao seu auge.

Assim, se quiser um Porto safrado para já, dê preferência aos Colheitas, mas se estiver com paciência, deixe um Vintage na adega, pode demorar, mas o resultado é incrível.

Para encontrar os Vinhos do Porto mais bem pontuados das melhores importadoras do Brasil, clique aqui.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 20 de Setembro de 2021 às 19:00


Escola do vinho Porto Vinho do Porto Porto Colheita Porto Vintage Diferença entre os estilos