Revista ADEGA
Busca

Vinho - 25.Set

Reino Unido pode se tornar principal produtor de champanhe em alguns anos


Alguns especialistas afirmam que, por causa da mudança climática e o aumento da temperatura global, o Reino Unido pode se tornar a principal região de produção de espumantes daqui alguns anos. Segundo as previsões, as regiões vitivinícolas, principalmente ao sul de Londres, terão o mesmo clima da região de Champagne, França.

divulgação

"Cada grau que a temperatura global aumenta, a viticultura se move 270 quilômetros para o norte. É uma corrida de ouro plantar Chardonnay, Pinot Noir e Meunier no Reino Unido", conta Frazer Thompson, presidente executivo da Chapel Down Vinos, um dos maiores produtores do Reino Unido.

As vinhas demoram de 20 a 30 anos para amadurecem completamente, o mesmo período necessário para que as mudanças gerem a temperatura ideal para produzir espumantes no Reino Unido. "Em 50 anos, talvez façamos o cultivo de vinhas na Escócia. Mas agora, o lugar certo é o sul da Inglaterra", comentam os meteorologistas.

Devido à hipersensibilidade das uvas, os vitivinícultores foram os primeiros a sofrer com a mudança climática. Eles vêm notando desde a década de 1970 que as uvas amadurecem cada ano mais cedo. Algumas regiões estão colhendo suas uvas em média um mês antes do que o ciclo normal.

Mais notícias sobre vinhos...

Reino Unido pode se tornar principal produtor de champanhe em alguns anos
Supermercado cria linha de vinhos premium com preços baixos
Grupo vinícola ajuda financiar pesquisas contra câncer na Espanha
Enocultura pode virar patrimônio cultural
Faleceu Patrick Sandeman, um dos mais respeitados vendedores de vinhos de Londre...

Redação
Publicado em 25/09/2012, às 10h47 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias