Mundovino

Rússia recua e aceita conversar com França sobre polêmica envolvendo Champagne

Desde julho os produtores de Champagne são obrigados a rotular seus produtos como “vinho espumante”


Putin - Champagne vs shampanskoye

O presidente russo Vladimir Putin

A Rússia entrou em um acordo com a França e aceitou discutir a regra imposta em julho que determinava que os produtores de Champagne rotulassem suas garrafas como “vinho espumante”.

» Hotel Cheval Blanc em Paris é o novo destino da Cidade Luz

A regra gerou polêmica principalmente porque apenas os produtores russos de shampanskoye, um espumante produzido por lá, estão liberados da obrigação. Outro problema apontado é que o termo shampanskoye em si é considerado uma forma traduzida de Champagne no alfabeto latino para o Cirílico, utilizado na Rússia.

A reunião ainda não tem data marcada, mas envolverá o Ministério da Economia francês com o da Agricultura da Rússia. A ideia é formar um comitê que trabalhará junto para sanar a questão.

Apesar das reclamações, as maiores maisons de Champagne já retomaram as exportações para a Rússia seguindo a nova norma.

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 20 de Setembro de 2021 às 11:00


Mundovino Shampanskoye Champagne Putin Rússia Regra Vinho espumante