Mundovino

Sotheby’s divulga expansão de seus leilões de vinho. O novo destino é a França

Organizadores planejam sediar leilões regulares de vinho em Bordeaux e Borgonha com garrafas raras


 

Sotheby's anuncia que fará leilões regulares de vinho na França

Famosos por apresentarem garrafas raras à colecionadores em Nova York, Londres e Hong Kong, agora o grupo Sotheby’s chega à França para seus grandes leilões.

» Três curiosidades sobre envelhecimento de vinho

O objetivo é que os eventos sejam regulares a partir de escritórios em Bordeaux e Beaune na Borgonha, na qual assumiram a venda anual do Hospices de Beaune.

A novidade veio por conta da demanda de vendas, que atingiram no ano de 2020 U$92 milhões e no primeiro semestre de 2021, U$58 milhões. Segundo o chefe mundial do vinho da Sotheby’s, Jamie Ritchie, a França ser sede dos leilões, já era iniciativa fundamental, por causa da procura e venda de 85% dos vinhos serem franceses.

Os vinhos da Borgonha representaram 41% das vendas da Sotheby’s em leilões e varejo em 2020, já Bordeaux trouxe o número de 26% de venda no relatório do grupo para 2020.

Leilão de vinho da Sotheby's na sede da empresa em Londres

O chef de vendas dos leilões nomeado pelo grupo, será Amayès Aouli – um apaixonado colecionador de vinhos, que atuou por 10 anos como diretor executivo na JP Morgan Asset Management, na França.

O leilão inaugural na França está previsto para o mês de dezembro e a lista completa de vinhos e destilados para 2022 será anunciada brevemente.

A Sotheby’s também mencionou que leiloará vinhos da adega do Châteaux Canon de Bordeaux e da Rauzan-Ségla, ambas propriedades da Chanel com o evento ocorrendo na sede da empresa em Londres. Os destaques serão vinhos da safra 1917 e garrafas Melquior com impressionantes 18 litros.

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Glaucia Balbachan

Publicado em 24 de Setembro de 2021 às 11:00


Mundovino Sotheby's França Leilões Vinho Hospice de Baune