Mundovino

Vinícola Cielo Farms processa empresa de energia elétrica por danos

A vinícola culpa Southern California Edison pelos prejuízos causados durante incêndio na vinha


Uma vinícola de Malibu, além de vários moradores da região, estão processando a empresa de fornecimento de energia elétrica Southern California Edison (SCE), alegando que ela foi responsável pelos danos causados pelo devastador incêndio que varreu a área em novembro do ano passado.

A vinícola Cielo Farms entrou com uma ação culpando a SCE pelas perdas causadas pelo Woolsey Fire, como o incêndio ficou conhecido. Ele começou no dia 8 de novembro do ano passado, queimou quase 100.000 acres, destruiu mais de 1.600 estruturas e matou três pessoas. Quase 300.000 pessoas foram evacuadas.

Leia também:

Vinho com gosto de fumaça?

Château Suduiraut escapou de incêndio por pouco

Em sua alegação, a Cielo Farms afirma que o Woolsey Fire destruiu 3.000 de suas vinhas, diversas estruturas e 1.400 árvores, causando “uma perda de negócios multimilionária”. “O local da ação foi eleito o local de casamento número 1 no condado de Los Angeles nos três anos anteriores ao incêndio”, prosseguiu o processo.

Os demandantes alegam que o equipamento elétrico da SCE causou o incêndio. Em um comunicado, um porta-voz da SCE disse: “Neste momento, a SCE não está comentando quaisquer ações judiciais associadas ao Woolsey Fire”. Em dezembro do ano passado, a empresa publicou uma carta enviada à Comissão de Serviços Públicos da Califórnia (CPUC) detalhando o funcionamento de seu sistema elétrico em novembro do ano passado, nas proximidades de onde o Woolsey Fire teria começado. Também mencionou seus esforços contínuos para minimizar o risco de incêndios florestais. Buscando culpados Após investigação, um sistema elétrico particular ao lado de uma residência foi responsabilizado pelo Tubbs Fire, que matou 23 pessoas durante uma série de incêndios florestais na região vinícola da Califórnia em 2017. O relatório de 80 páginas publicado pelo Departamento de Silvicultura e Prevenção de Incêndios da Califórnia (Cal Fire) revelou que, em vez da Pacific Gas and Electric Company (PG & E), que havia sido responsabilizada por 17 dos incêndios florestais em outubro de 2017, um sistema privado foi, na verdade, o culpado no caso do Tubbs Fire.

Da redação

Publicado em 16 de Abril de 2019 às 13:00


Notícias vinícola Cielo Farms Southern California Edison Woolsey Fire Incêndio Incêndio em vinhedo

Artigo publicado nesta revista