Mundo Vino

Wine Intelligence destaca as tendências para o vinho em 2021

Relatório trata 2021 como um ano heterogêneo que mudará conforme a vacinação for feita


 

Mercado do vinho em 2021 deve ter crescimento heterogêneo

Os relatórios anuais da Wine Intelligence se caracterizam pela elevada porcentagem de sucesso. E agora a empresa lança suas previsões para o mercado do vinho em 2021.

A empresa britânica acredita em uma retomada e manutenção do crescimento do mercado, porém de maneira muito heterogênea em dois sentidos. Primeiro que cada região terá uma evolução de acordo com as características do vinho produzido, e segundo, cada mercado geográfico deve reagir em um momento diferente.

Tudo está ligado a vacinação, países com maior percentual de vacinados e retorno mais rápido das pessoas às ruas tendem a aumentar o consumo de vinho. E as regiões prediletas desses locais serão os premiados com o crescimento antes dos demais.

Baseada nesse fato a Wine Intelligence listou cinco tendências para 2021:

O preço médio do vinho vai aumentar e o volume vendido vai cair

A agência aponta que essa tendência deve continuar em 2021, o faturamento do mercado deve continuar em alta com o aumento do preço por volume. A empresa aponta, no entanto, que o movimento pode ser “mitigado pelos excessos de estoques de vários países produtores que entrarão no mercado em 2021”.

Impulso para novas embalagens

A garrafa de vidro de 750 ml continuará reinando absoluta, porém os novos formatos tendem a ter grande aumento na participação do mercado devido à "crescente preocupação com a quantidade de carbono emitida para produzir uma garrafa de vidro e enviá-la para o mercado mundial". 

» A embalagem de vinho e a ascensão do comércio eletrônico

» “Uma taça de vinho todos os dias”, diz freira com 117 anos

» Estudo mostra que taninos podem inibir a Covid-19

Os dois grandes modelos que devem crescer em 2021 é a lata e, principalmente, o Bag-in-Box.

Vinícolas e clientes se conectando on-line

Com a pandemia muitas vinícolas entraram no mundo digital e a tendência para 2021 é aumentar essa participação e consolidar o contato direto entre produtores e o consumidor final. Segundo o relatório as relações diretas com os consumidores online serão “mais significativas e duradouras”. 

Crescimento do mercado

Com a alternativa do e-commerce a tendência é que o mercado continue a crescer, consolidando a venda on-line como uma forma significativa de vendas. Segundo a Wine Intelligence a palavra do ano no setor será “entrega”, a logística é a chave para que o e-commerce entre no radar de compras de mais consumidores.

Os vinhos seltzer

Bebidas alcoólicas à base de vinho, mais doces e com borbulhas tendem a continuar aumentando seu espaço, principalmente as vendidas em latas. Essa categoria teve um crescimento de três dígitos nos últimos dois anos nos Estados Unidos e a analista IWSR aponta que o mercado norte americano de seltzer deve triplicar antes de 2023. A Wine Intelligence aposta que "muitos produtores de vinho serão vistos surfando na onda seltzer".

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 22 de Fevereiro de 2021 às 08:00


Notícias Mercado Vinho Tendências Crescimento 2021