Revista ADEGA
Busca

Apreensão premium

Alfândega chinesa apreende carga de vinhos contrabandeados avaliada em mais 230 mil dólares

Na apreensão estavam mais de 1.000 garrafas do australiano Penfolds, bem como mais de 100 garrafas de vinhos franceses como Margaux e Lafite


Alfândega chinesa apreende carga de vinhos contrabandeados avaliada em mais 230 mil dólares

Imagem de 2017 mostra que a rota é largamente utilizada por contrabandistas

Uma carga de vinhos contrabandeados foi apreendida na alfândega de Shenzhen, cidade que liga a China continental à Hong Kong.

» Parlamento europeu rejeita alerta de câncer nos rótulos de vinho

Nenhuma novidade se os vinhos não fossem grandes nomes como mais de 1.000 garrafas do australiano Penfolds e 100 garrafas de grandes vinhos franceses como os bordaleses Château Margaux e Lafite.

Segundo as autoridades chinesas, o valor da mercadoria chega a 1,5 milhão de Yuans – ou cerca de 236 mil dólares.

O lote, importado de Hong Kong, foi declarado como “vinho tinto chileno”, no entanto, uma avaliação inicial revelou que a quantidade real de importação não era a mesma declarada o que levou a alfândega a inspecionar a carga e descobrir o contrabando.

A rota é conhecida das autoridades e largamente utilizada para entrada de vinho ilegalmente em território chinês. Em 2021 outra apreensão já havia chamado atenção pela quantidade, mais de 4.000 garrafas, e pelo valor que superava os 2 milhões e 800 mil dólares.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

André De Fraia
Publicado em 16/02/2022, às 16h00


Mais Mundovino