Revista ADEGA
Busca

Restaurante para enófilos

Ambivinum em Ribera del Duero mescla vinho e cultura com excelente gastronomia

Localizado dentro de uma vinícola, restaurante espanhol oferece vinhos do mundo todo


A adega do restaurante abriga 7.500 garrafas
A adega do restaurante abriga 7.500 garrafas

"Uma experiência diferente em torno do vinho. A oportunidade de viajar pelo mundo com dezenas de taças e descobrir paisagens e regiões através de harmonizações singulares".

A própria descrição do restaurante já dá um frio na espinha de quem aprecia vinhos (a adega abriga 7.500 garrafas) e gastronomia. O que não se espera é que um local como esse fique dentro de uma vinícola, onde, na maioria dos casos, só são servidos os vinhos feitos pela própria casa.

O restaurante fica dentro da Vinícola Pago de Carraovejas

Esse local tão especial está numa região produtora de grandes rótulos, Ribera del Duero, na Espanha, definida no Atlas Mundial do Vinho como "o milagre moderno dos vinhos tintos", que compete com Rioja na grandeza de sua produção. O restaurante chama-se Ambivinum e fica em Peñafiel, Valladolid, dentro da Vinícola Pago de Carraovejas.

Para celebrar seus cinco anos de funcionamento, o restaurante acaba de inaugurar uma cave espetacular, que oferece não apenas vinhos de todas as safras da vinícola Carraovejas, como tesouros de produtores e regiões consagradas em todo o mundo. Segundo a empresa, esse novo espaço, aberto aos clientes, é o cruzamento entre a arquitetura, a arte e o vinho, selecionado e pesquisado com muito cuidado pela equipe de sommeliers que trabalhou para o restaurante nos últimos cinco anos.

Para celebrar seus cinco anos de funcionamento, o restaurante acaba de inaugurar uma cave espetacular

A arquitetura se preocupou com a beleza e a funcionalidade, para que mesmo expostos, os vinhos estejam em condições perfeitas de temperatura, luz e umidade. No térreo fica a coleção dos exemplares da própria Pago de Carraovejas (cuja primeira safra foi em 1991) e de suas referências e vinícolas associadas. Uma escada negra em caracol dá acesso a um nível onde estão ícones de todo o mundo, mas com zonas especiais definidas para locais de produção destacados pela equipe: Ribera del Duero, Rioja e Jerez da própria Espanha, Bordeaux, Borgonha e Champagne da França, Piemonte, Califórnia e Alemanha.

A vinícola, que tem um design externo despojado e moderno, contou com a própria diretora dos projetos da 'Alma Carraovejas', Elena Arranz, como coordenadora da nova adega, junto de dois escritórios de design de interiores e arquitetura: "Escribano Design" e "Creaciones El Pollo", para darem vida ao espaço com capacidade para 7.500 garrafas.

O menu do restaurante oferece vários tipos de cardápios harmonizados que podem chegar a ter mais de 30 vinhos em uma experiência. Mas a filosofia da cozinha é apegada à terra e aos produtos locais e sazonais, num contexto em que tudo deve andar unido, os ingredientes, as preparações, os vinhos e o terroir. Para isso o restaurante possui horta ecológica para verduras, ervas e hortaliças a menos de cinquenta metros da cozinha, além de uma seleção rigorosa de fornecedores "do mar e da terra", como eles chamam, que buscam sempre os sabores mais puros.

Pedro Ruiz Aragoneses, diretor geral da vinícola afirmou que com a abertura da nova adega no restaurante Ambivinum, é possível fechar o círculo de uma experiência imersiva total em torno do vinho e sua cultura: "Neste espaço compartilhamos de uma parte da alma de todos esses produtores que conseguem nos emocionar através de garrafas únicas e singulares, e com a gastronomia poderemos desfrutar de combinações que só existem aqui", disse Pedro Ruiz.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 26/03/2022, às 16h00


Mais Mundovino