Bordeaux pode estar caminhando para um suicídio coletivo, afirma produtor

Com safra ruim para os tintos, produtores de todas as regiões, incluindo Sauternes que produz vinhos brancos, estão tendo que baixar seus preços


Alexandre de Lur-Saluces, um dos produtores mais respeitados de Bordeaux e proprietário do Château de Fargues, disse que a região pode estar caminhando para um possível "suicídio coletivo" se continuar com sua estratégia de preço atual. 

Divulgação

Proprietário do Château de Fargues diz que produtores estão vendendo abaixo do preço de custo

Em uma carta aos negociantes, Saluces disse que os produtores de Sauternes estavam sofrendo com as críticas que recaem sobre os vinhos tintos da safra 2013, mesmo com os vinhos brancos lá produzidos sendo aclamados nas avaliações. “Os produtores de Sauternes estão sendo forçados a baixar o preço, pois a qualidade dos tintos de outras regiões está sendo questionada”, afirmou. "Em uma rápida olhada, os preços dos Premier Cru de Sauternes estão quase os mesmos de 15 anos atrás", conta.

Para Saluces, a região de Bordeaux como um todo estás caminhando para o que chamou de "suicídio coletivo", pois acredita que os produtores condenados a degradar suas produções irão perder muito de sua credibilidade. O produtor pretende denunciar esta "lei de mercado" que faz com que os produtores de Sauternes vendam abaixo do custo e, por fim, possam oferecer um preço justo pelos produtos.

Da redação

Publicado em 30 de Maio de 2014 às 08:40


Notícias Alexandre de Lur - Saluces Château de Fargues Bordeaux Sauternes