China abre portas para importações de vinhos australianos

China vai reduzir tarifas de importações para vários produtos da agricultura australiana, incluindo o vinho, depois da assinatura do acordo entre os dois governos


Primeiro-ministro australiano Tony Abbott, ao centro.

Fonte: TheDrinksBusiness.com

O governo chinês concordou em diminuir tarifas de importação para o vinho australiano. A decisão faz parte de um acordo assinado entre os dois países para facilitar a entrada de produtos agrícolas australianos em território chinês. Atualmente, o governo chinês impõe uma tarifa de 14% a 30% para mercadorias vindas da Austrália. Acredita-se que a mudança possa incentivar produtores a venderem vinhos a preços atrativos para uma crescente classe média da China.

O anúncio vem depois de dez anos de negociações entre os dois governos, que querem flexibilizar a política alfandegária com o objetivo de estabelecer uma relação mais amigável entre eles. “Essa foi uma jornada de dez, mas nós finalmente conseguimos”, declarou o primeiro-ministro australiano Tony Abbott.

Estima-se que a entrada de produtos australianos na China vai aumentar em até 85%, assim que o acordo entrar em vigor. Além disso, especialistas antecipam que em dez anos esse índice pode chegar a 95%. Acredita-se também que o acordo possa aproximar produtores de vinhos dos dois países. 

Da redação

Publicado em 17 de Novembro de 2014 às 17:54


Notícias China Austrália acordo importação vinhos