Colheita 2015 em Bento Gonçalves será pano de fundo para documentário

Entre os meses de janeiro e fevereiro, o interior de Bento Gonçalves recebe as gravações de "À sombra das Videiras"


Documentário abordará três famílias de produtores

A colheita de uvas no Rio Grande do Sul já começou e, como sempre, deve seguir até março. Neste ano, porém, além de todo o trabalho e festividades que acompanham essa época, uma equipe de filmagem estará acompanhando a vindima para produzir um documentário chamado "À Sombra das Videiras".

O projeto é da Faculdade Cenecista, por meio do Núcleo Audiovisual Cenecista (NAC), e as gravações vão ocorrer entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano na Linha Paulina, no interior do município de Bento Gonçalves. A ideia é mostrar os reflexos das migrações sazonais de trabalhadores e o contraste cultural entre empregados e pequenos produtores durante a colheita de uva.

​​"O homem e a mulher do campo são responsáveis pela principal etapa no processo agroindustrial vitivinícola. Embora a cadeia produtiva se expanda, a produção das uvas na Serra Gaúcha ainda depende dos pequenos produtores, das famílias e de seu cuidado com os parreirais. Ao sol ou à sombra, eles mantém essa riqueza cultural no sul do Brasil, num esforço de permanência no campo como uma opção de qualidade de vida e oportunidade para seus descendentes", comenta Boca Migotto, diretor do documentário.

O roteiro tem três elementos fundamentais: a chegada dos migrantes a Bento Gonçalves e a recepção por parte dos produtores - representados no documentário por três famílias de Bento Gonçalves; os dias de colheita e o desenrolar das refeições e conversas entre produtores e trabalhadores; e a despedida. 

Da redação

Publicado em 8 de Janeiro de 2015 às 11:26


Notícias documentário colheita Bento Gonçalves