Revista ADEGA
Busca

Certificação LEED

Espanhola Bodegas Beronia é a primeira construção sustentável certificada do mundo do vinho

Novas instalações da vinícola em Rioja tem arquitetura


A Beronia optou por um design que minimiza sua participação na paisagem, parte do edifício fica no subsolo
A Beronia optou por um design que minimiza sua participação na paisagem, parte do edifício fica no subsolo

Um projeto holístico, que uniu profissionais de muitas áreas como ecologistas, hidrogeólogos, especialistas em qualidade ambiental, além de arquitetos, engenheiros e paisagistas, resultou numa vinícola que colhe prêmios de arquitetura (como o World Design Awards e o Architecture Masterprize) e agora obtêm a certificação americana LEED Gold.

É a nova sede das Bodegas Beronia, em Rioja Alta, na Espanha, construída para produzir e abrigar os principais vinhos da marca, reservas e gran reservas além do enoturismo.

A certificação LEED é concedida pelo US Green Buidling Council (Conselho americano de construção verde) e significa Líder em Eficiência Energética e Design Sustentável. Ela é dada às construções que obtêm um grau de excelência em diversos pontos de sustentabilidade, verificados através de uma terceira parte independente.

O selo valoriza as estratégias implementadas para eficiência e bem-estar de pessoas, economia de energia, utilização racional da água, emissão de CO2, gestão, conservação e redução de recursos, entre outros.

Espanhola Bodegas Beronia é a primeira construção sustentável certificada do mundo do vinho
O projeto uniu ecologistas, hidrogeólogos, especialistas em qualidade ambiental, arquitetos, engenheiros e paisagistas

Para as vinícolas, as questões de sustentabilidade, embora importantes e valorizadas, nem sempre podem ser implementadas por conta da natureza das operações realizadas dentro dos espaços e muitas vezes pelo fato desses espaços serem antigos e até preservados pelo patrimônio histórico das cidades. É por isso entre vinícolas, certificações como essa são raras.

A Beronia (que faz parte do grupo González Byass) optou por um design que minimiza sua participação na paisagem em volta, com parte do edifício no subsolo, utilizando um declive natural do terreno. "Trabalhamos juntos, desde o primeiro minuto, com os arquitetos, para que a vinícola cumprisse com todos os conceitos de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente que definem a Beronia", afirma Marian Santamaría, enóloga da empresa.

As inovações tecnológicas implementadas aproveitam a luz natural (mesmo em espaços que são tradicionalmente escuros em vinícolas) trazendo menor consumo energético, aproveitam a água da chuva, fazem uso da energia geotérmica para aquecer ambientes, reduzem a contaminação acústica e fazem a gestão integral dos resíduos da vinificação.

Espanhola Bodegas Beronia é a primeira construção sustentável certificada do mundo do vinho
A certificação LEED é dada às construções que obtêm um grau de excelência em sustentabilidade

Por fim, a Beronia é a primeira vinícola a utilizar uma nova tecnologia de alta precisão, chamada “Clenawood” e criada na própria região da Rioja, que é um sistema para a área de barricas que otimiza os processos de limpeza e reutilização, com considerável redução de consumo de água e eletricidade.

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 05/04/2022, às 10h30


Mais Mundovino