Estudo traça perfil de compradores online de vinho

Uma das líderes de vendas online de vinhos na Europa, a loja vente-privee.com, por meio de um de seus fundadores, Xavier Court, apresentou, numa palestra sobre o futuro das vendas de vinho na Internet


Uma das líderes de vendas online de vinhos na Europa, a loja vente-privee.com, por meio de um de seus fundadores, Xavier Court, apresentou, numa palestra sobre o futuro das vendas de vinho na Internet, os resultados de uma pesquisa em grande escala do perfil dos compradores internautas do continente.

Realizada em parceria com o laboratório de estudos e tendências Survey Lab e o instituto de estudos independentes ExactEtudes, a pesquisa percebeu que os hábitos de compra de vinho em lojas físicas não são os mesmos percebidos em compras pela Internet. Emmanuel Imbert, um dos experts em vinho da vente-privee.com, afirmou que, na compra online, "os preços não são o critério principal, pois o comprador busca um enfoque mais global do produto. Ele está mais bem informado e busca qualidade em detrimento de quantidade". Além disso, conseguiu-se concluir três características principais nesses consumidores.

1 - Os compradores online de vinho consomem com maior freqüência e gastam mais

De acordo com a pesquisa, três de cada quatro bebem vinho uma ou duas vezes por semana (quase o dobro dos consumidores "offline"), sendo que a maioria prefere os tintos. Em média, essas pessoas gastam 14 euros a mais que os "offline", têm mais vinho da categoria Reserva e presenteiam os amigos com vinho.

2 - Estão mais abertos a consumir vinhos internacionais

Apesar de os compradores online preferirem vinhos franceses, italianos e espanhóis, eles têm mais curiosidade pelos vinhos internacionais. Entre os vinhos não europeus mais populares, estão os sul-africanos (84%), chilenos (80%) e argentinos (78%).

3 - A maioria é homem

Nas compras online de vinhos, o perfil majoritário é o do homem (65%, contra 43% no mercado comum) mais maduro (em média 43 anos, contra 39 anos) e casado (74%, contra 66%).

Da redação

Publicado em 27 de Junho de 2013 às 09:26


Notícias Xavier Court Survey Lab ExactEtudes vente-privee