Revista ADEGA
Busca

O ouro líquido das oliveiras

ExpoAzeite 2022 celebra a produção nacional

Patrícia Galasini, Presidente da Câmara Setorial de Olivicultura do Estado de São Paulo, deu uma entrevista exclusiva para ADEGA


Entre os dias 17 e 18 de maio ocorrerá a 12ª ExpoAzeite e o VIII Encontro da Cadeia Produtiva da Olivicultura
Entre os dias 17 e 18 de maio ocorrerá a 12ª ExpoAzeite e o VIII Encontro da Cadeia Produtiva da Olivicultura

Um dos alimentos mais saudáveis e mais antigos do mundo, o azeite de oliva vem sendo produzido no Brasil há aproximadamente 15 anos, principalmente na metade sul do RS.

Mesmo que muitos brasileiros ainda não saibam, os azeites produzidos no país são de alta qualidade. "Tenho orgulho de dizer que o Brasil começou (e vem seguindo) corretamente o cultivo das oliveiras e a produção de azeites", afirmou Patrícia Galasini, Presidente da Câmara Setorial de Olivicultura do Estado de São Paulo em entrevista exclusiva para ADEGA.

Para discutir a importância, o cultivo e a presença do azeite de oliva para a saúde, negócios e sustentabilidade, vai acontecer a 12ª ExpoAzeite e o VIII Encontro da Cadeia Produtiva da Olivicultura nos dias 17 e 18 de maio próximos, no Instituto Agronômico de Campinas (SP).

No evento estarão presentes pesquisadores nacionais e internacionais, especialistas em olivicultura, produtores de várias regiões e o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, além do secretário executivo da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Francisco Matturro.

ExpoAzeite 2022 celebra e orienta a produção nacional
As oliveiras, assim como as vinhas, nasceram em regiões da Ásia, mas no Mediterrâneo encontraram um local ideal

"O Brasil tem azeites de categoria superior, produzidos em território nacional, mas hoje um de nossos maiores desafios é o de fazer o brasileiro conhecer esses produtos e distribuí-los dentro do próprio país, uma vez que atualmente 100% do que consumimos é importado e já temos extração suficiente para ganharmos até 20% desse mercado", conta Patrícia Galasini, que acompanha os progressos da indústria nacional desde o início.

Há muitos paralelos entre a vinicultura e a olivicultura, seja no nascimento do vinho e do azeite, em regiões da Ásia e depois com forte expansão no mediterrâneo, nas pesquisas de paleobotânicos que já confirmaram a presença de oliveiras na bacia do mediterrâneo 6 mil anos antes de Cristo e também na importância que esses dois produtos tiveram e seguem tendo para as mais diversas civilizações.

O azeite de oliva é utilizado não apenas na alimentação, mas também na produção de cosméticos, de produtos de limpeza e já foi até utilizado como combustível para lamparinas. Atualmente, o azeite de oliva extravirgem (o mais puro) é um dos produtos-base da dieta mediterrânea, comprovadamente um alimento saudável e fonte de gordura de excelente qualidade e alto índice de antioxidantes.

Durante o evento acontecerão palestras, exposição de produtos e insumos, degustações, harmonizações, workshop sobre construção de marcas para o mundo do Azeite de Oliva e até um curso de Poda de Oliveiras.

Saiba mais...

12a ExpoAzeite 2022 e o VIII Encontro da Cadeia Produtiva da Olivicultura no Brasil e no Mundo Data: 17 e 18 de maio de 2022 - Horário: das 10h às 18h

Local: Instituto Agronômico – IAC - Barão de Itapura, 1481 - Campinas –SP - Brasil

www.expoazeite.com.br

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 20/04/2022, às 13h10 - Atualizado às 16h00


Mais Mundovino