Mundovino - 164

Exportação de Malbec cai na Argentina

Argentina vê queda na exportação de Malbec para os Estados Unidos nos últimos cinco anos


Estudo do Observatório Vitivinícola indica que exportações de Malbec argntinos para os Estados Unidos sofreram queda brusca

O mercado que ajudou a alavancar o boom do Malbec argentino no mundo parece estar arrefecendo. Segundo estatísticas do Observatório Vitivinícola, entre 2014 e 2018, as vendas para os Estados Unidos caíram 30% em volume e 13,2% em valor.

Os números apresentados pela agência indicam que, em 2014, a Argentina exportou 60,754,925 litros de Malbec e hoje estão em 42,295,287 litros. O aumento do preço médio de venda permitiu que a queda em termos de valor fosse menor. Em 2014, exportou-se um total de U$S 220.434.196 e, em 2018, a soma foi de U$S 191.420.026. Esses valores são só de varietais de Malbec para os Estados Unidos.

Leia mais:

Enoturismo na Argentina

Consumo de vinho cai na Argentina

Pratos para harmonizar com o Malbec

Mas, se as vendas para a América caíram, elas aumentaram para o Reino Unido, o segundo maior mercado do Malbec argentino no mundo. Entre 2014 e 2018, obteve-se um crescimento de 106% no volume e 85,5% no valor. Também a China cresceu com 28% em volume e 50,8% em valor. Mas o país ainda representa pouco para os argentinos. Já Canadá e Brasil, o terceiro e quarto mercados, respectivamente, se alternaram. No primeiro caso, houve queda de 9% em volume e 13,2% em valor no período analisado (2014 a 2018) e, no segundo, as exportações de Malbec cresceram 19% em volume, mas estagnaram em valor.

No balanço dos cinco principais mercados de Malbec argentino, vê-se diminuição em volume de 3%, de 91.916.400 a 89.024.235 litros entre 2014 e 2018. Um ponto a favor do setor é que o Malbec obteve um resultado positivo em valor em seus cinco principais mercados. Em 2014, foram exportados US$ 348.905.836 e, em 2018, US$ 359.608.536.

Veja também:

O melhor do vinho argentino

+ Acompanhe as notícias de Malbec

+ Malbec argentinos avaliados pela ADEGA

“DEPENDÊNCIA DE MALBEC”

A queda das vendas de Malbec argentino preocupa as vinícolas locais, pois a variedade sempre foi a principal bandeira do país no exterior. Segundo o Observatório Vitivinícola, em 2008, as vinícolas da Argentina exportaram 419,2 milhões de litros de vinho para o mundo, dos quais 63 milhões eram de Malbec (15%). Dez anos depois, em 2018, a Argentina exportou 275,3 milhões de litros e 124,4 milhões foram de Malbec (45%).

Da redação

Publicado em 28 de Julho de 2019 às 12:00


Notícias Malbec Argentina vinho argentino Observatório Vitivinícola mercado de vinhos exportação de vinhos