Mulheres que bebem vinho têm vida sexual mais ativa


Diversas pesquisas já relacionaram o consumo de vinho a uma vida mais saudável. Agora, um novo estudo realizado pela Universidade de Florença, na Itália, demonstrou que mulheres que consomem uma taça de vinho por dia têm uma vida sexual mais ativa do que aquelas que não bebem.

Publicada no Journal of Sexual Medicine, a pesquisa foi realizada com cerca de 800 mulheres, de idade entre 18 e 50 anos que as dividiu em três grupos de consumo: vinho tinto, bebidas alcoólicas em geral e abstêmias. Elas, então, completaram um questionário em que expunham seu interesse por sexo. Chamada de Índice de Função Sexual Feminina, a pesquisa concluiu que as mulheres que consumiam uma ou duas taças de vinho foram as que mais mostraram desejo sexual.

Os médicos que realizaram o estudo concluíram que "há uma relação potencial entre a ingestão de vinho e uma sexualidade mais aflorada", chegando à hipótese de que os componentes químicos do vinho podem aumentar o fluxo de sangue nas zonas erógenas do corpo, beneficiando o estímulo da função sexual.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Governo francês coloca adega presidencial a leilão

+ China já é o quinto mercado mundial de vinho

Mais da metade dos consumidores não entende as notas de degustação, afirma pesquisa

Consumo de vinho cai no Velho Mundo, mas sobe no Novo

Vinho tinto combate as células de gordura, diz estudo

Da redação

Publicado em 3 de Maio de 2013 às 10:31


Notícias