Mundovino

Nevasca na Espanha derruba teto de vinícola no Priorat

A adega Vall Llach ficou sob meio metro de neve, ainda não se sabe o valor do prejuízo


 

Teto da vinícola Vall Llach colapsou com a neve no Priorat

A Vall Llach, vinícola do Priorat na Espanha foi uma das vítimas da forte nevasca que atinge a Espanha. O telhado não aguentou o mais de meio metro de neve que acumulou e colapsou. Ao menos três safras de vinho foram prejudicadas.

LEIA MAIS

» Prosecco DOC bate pela primeira vez o número de 500 milhões de garrafas vendidas

» Roubo inusitado na Moët & Chandon em Champagne

"No momento em que o telhado desabou, tínhamos todas as safras de 2018, 2019 e 2020 armazenadas dentro”, conta o enólogo Albert Costa. "O prédio fica no centro da vila, na praça principal, e se chama 'La Final'. É um edifício histórico construído em 1882 e era uma das maiores adegas privadas de Priorat antes da chegada da praga da filoxera”, completou o produtor.

As autoridades ainda não consideraram a estrutura segura para entrar, portanto ainda não foi avaliada a extensão dos danos, porém a grande maioria dos tanques de aço inoxidável, que armazenavam a safra de 2020, está perdida, além das máquinas de vinificação e engarrafamento. “Felizmente ninguém estava trabalhando na adega e ninguém estava nas ruas ao redor.", diz Costa confirmando que ninguém se machucou no colapso.

A tempestade Filomena seguida da maior onda de frio dos últimos vinte anos levou caos à Espanha nos últimos dias. A neve que caiu somou mais de meio metro de altura e com a temperatura abaixo de zero, chegando a -35° em alguns locais, a neve logo virou gelo e paralisou o país.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 14 de Janeiro de 2021 às 15:05


Notícias espanha Neve Vinho Priorat Telhado Colapso