Revista ADEGA
Busca

Vinho falsificado em Bordeaux

Polícia francesa desmantela esquema de falsificação de vinho bordalês

Segundo informações da justiça francesa, o proprietário de um Château bordalês está entre os presos


Vinho falsificado de Bordeaux levou a apreensões na França
Vinho falsificado de Bordeaux levou a apreensões na França

A polícia francesa anunciou que fez mais de 20 prisões relacionadas a um golpe em grande escala envolvendo vinho de Bordeaux falsificado.

Segundo o procurador Frédérique Porterie, o vinho era vendido para supermercados na França e em outros países como sendo de grandes propriedades da região do Médoc, porém os vinhos eram de outras regiões francesas que eram rotulados como bordaleses.

“No final da cadeia, os clientes pensavam que estavam adquirindo Bordeaux engarrafado em château cujos nomes e rótulos inspiravam confiança a preços às vezes baixos quando na verdade estavam comprando vinhos de baixo nível ou aqueles provenientes de áreas bastante distantes, muito longe de Bordeaux”, disse Porterie ao jornal britânico The Times.

O procurador disse ainda que o chefe da rede era o proprietário de um Château de Bordeaux e também um comerciante de vinhos. Sua identidade não foi tornada pública ainda.

A polícia descobriu o golpe quando investigava um equipamento para imprimir rótulos de vinho durante uma operação antidrogas. Os detidos foram acusados ​​de fraude organizada, que acarreta uma pena máxima de 10 anos de prisão.

A falsificação de vinho virou um importante tema no debate entre enófilos. Investigações da Polícia da Argentina está mostrando que facções criminosas estão por trás de roubos e falsificações, além da comercialização de vinhos no Brasil.

Nesses últimos dias o vídeo abaixo bombou nas redes sociais. Nele, o chef, chocolatier e sommelier Fábio Sicilia, analisa duas garrafas do mesmo vinho e mesma safra, com a diferença que uma foi comprada na importadora oficial e a outra não tem garantia de procedência.

Confira a matéria completa aqui.

André De Fraia
Publicado em 06/07/2022, às 08h00


Mais Mundovino