Bordeaux

Por que comprar En Primeur?

Adquirir vinhos En Primeur é prática comuns com rótulos de Bordeaux


 

 

Muitos se perguntam o porquê de o sistema en primeur, apesar de arcaico, ainda continuar ativo em Bordeaux. Um dos motivos é o financiamento dos Châteaux. Aliás, foi por isso que ele nasceu. Antigamente, os produtores antecipavam suas vendas fornecendo vinhos que ainda não estavam prontos para os negociantes.

Na época, eram os negociantes que engarrafavam a bebida. O “mis en bouteille en Château” (engarrafado na propriedade) só virou regra no século passado. Ao vender antecipadamente, os Châteaux logo têm dinheiro para investir e não precisam esperar mais dois anos (tempo que os vinhos geralmente ficam envelhecendo em suas caves) para só depois vender.

 

LEIA MAIS

» Brasil tem venda en primeur de Bordeaux cuja safra promete ser histórica

» Os vinhos de Bordeaux de 2019 que mais venderam en primeur

 

 

Outro ponto é a distribuição. Os produtores geralmente não possuem redes de distribuição de seus vinhos pelo mundo, deixando isso a cargo dos negociantes, que, com o passar do tempo, criaram uma vasta teia de contatos que abarcam o mundo todo. Dessa forma, os Châteaux podem vender suas garrafas para mais clientes em potencial.

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 23 de Junho de 2019 às 18:00


Notícias Bordeaux mercado do vinho En primeur

Artigo publicado nesta revista