Vinícolas do mundo

Portugal até no nome

João Portugal Ramos traz no nome e na essência o que Portugal tem de melhor


 

Personagem de respeito no Alentejo, João Portugal Ramos foi um dos responsáveis por colocar em evidência a região e transformá-la numa referência para os vinhos do Novo Mundo.

LEIA MAIS

» Senhor Portugal

» O templo barroco do vinho

 

De início, exerceu a agronomia, depois a enologia como consultor e, finalmente, produtor. Ramos introduziu mudanças no setor vitivinícola e passou a se focar na qualidade e tipicidade das bebidas.

Em 1989, iniciou seu projeto pessoal em Estremoz, com 5 hectares de vinhas, e, em 1992, realizou sua primeira vindima (que deu origem ao primeiro vinho próprio, o Vila Santa). Durante sua trajetória, João também participou do desenvolvimento dos vinhos do Tejo, Dão, Estremadura e outras regiões.

Hoje, o grupo João Portugal Ramos controla aproximadamente 600 hectares de vinhas, entre próprias e arrendadas, e está presente nas regiões de Alentejo, Beiras, Douro e Vinhos Verdes. 

Confira os vinhos degustados pela ADEGA.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 25 de Setembro de 2020 às 12:52


Notícias joão portugal ramos vinho alentejo