Revista ADEGA
Busca

Produtores querem rotular vinho "sem glúten"

Vinícola norte-americana fez teste para saber se o vinho não continha glúten


Pão e vinhoSão poucos os rótulos de vinho que possuem informações nutricionais. A legislação não exige que o produtor identifique a quantidade de calorias, minerais e outras tantas substâncias na garrafa, mas alguns já estão começando a fazer isso pensando no consumidor moderno que pode estar preocupado com o conteúdo da bebida.

Assim sendo, a vinícola Siduri Wines, de Sonoma, decidiu testar seus vinhos para verificar se contém glúten ou não. "Temos um funcionário que é sensível a essa substância e pensamos que essa seria uma informação importante para constar no rótulo", disseram os produtores Adam e Dianna Lee.

O glúten pode aparecer no vinho no processo de vinificação de duas formas. A primeira na pasta baseada em trigo que serve para selar as barricas. A segunda em um agente na clarificação. Apesar de seus vinhos não passarem por afinamento, nos testes feitos com seus Pinot Noir, a Siduri Wines constatou que o glúten estava presente em 1 parte por milhão, número que está bem abaixo dos 20 ppm autorizados pela agência norte-americana de controle de alimentos, FDA, para que um alimento seja considerado livre de glúten.

Para os consumidores que se preocupam com essa questão do glúten, apesar de os vinhos raramente serem testados, pode-se dizer que é muito pouco provável que essa substância apareça em quantidades signficativas na bebida, vinda da clarificação ou dos barris.

Redação
Publicado em 16/08/2013, às 19h13 - Atualizado às 20h07


Mais Notícias