Borbulhas sustentáveis

Prosecco La Marca alcança categoria de padrão ambiental

Um marco importante para a empresa de 50 anos que trabalha com 8 vinícolas associadas e mais de 5 mil membros


Prosecco La Marca alcança categoria de padrão ambiental

Vista da propriedade La Marca na região de Prosecco, agora certificada por práticas socioambientais

Desde 2015 para uma vinícola receber a certificação da Federdoc e pela Unione Italiana Vini é analisada a sustentabilidade por meio de três indicadores: o econômico, social e ambiental.

» Vinícola do Algarve lança resort voltados para profissionais do mundo digital

O objetivo da distinção é não só garantir a transparência, mas também estimular a vinícola a melhorar continuamente, trazendo proteção adicional para os consumidores. Funciona como um sinal de respeito e compromisso de longo prazo com o território.

O presidente da La Marca, Valerio Cescon, disse que, a sustentabilidade faz parte do DNA da empresa desde sua fundação, em 1968. "Alcançar esse objetivo nos permitiu fazer um círculo completo, um caminho virtuoso que nossos membros fundadores empreenderam com previsão há mais de 50 anos, acreditando que por meio da produção de vinhos de alta qualidade era possível criar condições para um futuro mais seguro para nossa comunidade", conta ele.

As regras levam em conta todas as fases da cadeia produtiva, cuidado da água, o carbono dos produtos, compensação e direitos dos trabalhadores e preços das matérias-primas utilizadas.

A marca Premium La Marca é uma cooperativa que inclui 8 vinícolas associadas, com 5 mil membros e mais de 15 mil hectares de vinhedos espalhados por toda região do Prosecco e um certificado como esse, impacta toda a comunidade nos investimentos e boas práticas de gestão.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Assine ADEGA

Glaucia Balbachan

Publicado em 16 de Novembro de 2021 às 13:45


Mundovino Prosecco Sustentabilidade Vinhedos orgânicos Itália Espumante