Mundovino

Revolução Farroupilha vira vinho, num lindo jardim de uvas

O Guahyba Estate Wines produz rótulos de qualidade nas mesmas coxilhas de onde partiu a luta gaúcha contra o Império


 

Em seus primeiros lançamentos, o Guahyba Estate Wines já chamou a atenção

Há cerca de cinco anos, mesmo sem qualquer vínculo com o vinho e nem mesmo uma propriedade onde teoricamente se consideraria o local ideal para cultivar vinhedos no Rio Grande do Sul, o empresário Luís Wulff resolveu dar um novo rumo à sua paixão e criou o Guahyba Estate Wines, um projeto desenvolvido com uvas dos campos de sua família na cidade de Guaíba, vizinha à capital Porto Alegre.

Ligado ao mundo do direito e da contabilidade, ele e sua esposa Daniele Leonhardt passaram a se entregar ao mundo do vinho há cerca de 10 anos e, em nome dessa paixão, rodaram o planeta visitando vinícolas. Em 2016, porém, decidiram cultivar vinhedos no “berço da Revolução Farroupilha” e a dedicação ao projeto não parece algo de um simples hobby.

“A gente mergulhou detalhadamente, pesquisando sobre porta-enxertos e microclima para ter um entendimento do terroir local e trazer tipos de uvas com uma boa adaptação”, conta Wulff, explicando que selecionaram variedades com cascas mais grossas, mais resistentes, para plantar dois hectares – que “tratamos como se fosse um jardim de flores”. 

O Alvarinho Revolução utiliza uvas das safras 2019 e 2020

As escolhidas foram Alvarinho, Cabernet Franc e Teroldego. 

O primeiro vinho produzido, com ajuda do enólogo Alejandro Cardoso, foi um Alvarinho com uvas das safras 2019 e 2020, o Revolução. “Toda a nossa linha de vinhos tem um significado histórico.” Então vem o Bravura e o Pacto, completando as as três etapas da Revolução Farroupilha, que marcam muito a história do Rio Grande do Sul.

O movimento, vale lembrar, lutou contra o governo imperial em meados do século 19.

Bravura é um Teroldego e Pacto é um blend de Teroldego e Cabernet Franc. Todos blends de safras, segundo a filosofia que Wulff pretende seguir para poder combinar o melhor de cada ano, assim como enologias diferentes, e entregar o que acredita ser o melhor dentro de cada garrafa.

Além do branco Revolução há ainda os tintos Bravura de Teroldego e Pacto, um blend de Teroldego e Cabernet Franc

Em seus primeiros lançamentos, o Guahyba Estate Wines já chamou a atenção tanto de ADEGA quanto do jornalista chileno Patricio Tapia, que o destacou na edição do Descorchados 2021. Wulff adianta que seu projeto contempla ainda um wine lodge – que deve estar plenamente operante em 2022 – para oferecer aos seus clientes uma experiência de imersão nos vinhedos vizinhos à Porto Alegre. 

Seria o ponto de partida para o desenvolvimento de uma nova região no vinho gaúcho? 

Revolução Alvarinho 2020 - AD 90 pontos

» Bernard Arnault, magnata do vinho e da moda, se torna o homem mais rico do mundo

» Brasil 2021: o que podemos esperar depois da safra histórica do ano passado?

» Supertoscano é o vinho italiano que nasceu fora da lei

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

 

Arnaldo Grizzo

Publicado em 27 de Maio de 2021 às 11:55


Mundovino Vinho Rio Grande do Sul Guaíba Guahyba Estate Wines Vinho brasileiro Brasil