A bordo

Três mil garrafas de vinho do Douro irão passar quatro meses em alto mar

A iniciativa portuguesa tem como meta desenvolver características únicas nas bebidas


No dia 7 de junho, o navio Coimbra partirá de Porto Aveiro, em Portugal, com três mil garrafas de vinho do Douro em direção ao Canadá, com data de regresso marcada somente para o próximo mês de setembro. A viagem, segundo a Marinha Mercante Portuguesa e a vinícola Lua Cheia do Douro, fará com que os vinhos retornem com traços únicos por causa do envelhecimento precoce provocado pelo balanço do navio e pela travessia do oceano.

Navio pesqueiro Coimbra no Porto Aveiro

A vinícola quer produzir um vinho chamado ‘’Poseidon’’, nome do deus do mar, na mitologia grega. Na época das caravelas, os vinhos também eram levados em alto mar dentro de barris de madeira de carvalho para que melhorassem sua qualidade.

A chegada do Coimbra ao país americano está prevista para julho. Assim que o navio chegar ao porto canadense de St. Johns, os vinhos iniciam sua viagem de volta e quando retornarem para Portugal, daqui três meses, deverão ser comercializados.

Da redação

Publicado em 31 de Maio de 2016 às 15:20


Notícias Douro Vinho Canadá