Revista ADEGA
Busca

Único moinho de Champagne será restaurado até o fim do ano

Moinho de vento de Verzenay foi danificado durante as tempestades de julho e perdeu duas velas


Moinho de Champagne

Segundo a casa de Champagne G.H.Mumm, o famoso moinho de Verzenay deverá estar totalmente restaurante até o Natal deste ano. Durante as tempestades violentas que ocorreram em julho, com ventos de até 130 km/h, o moinho, construído entre 1818 e 1821, perdeu duas velas.

“O vento foi tão forte que perdemos duas velas. Uma peça de madeira que segura as asas também se moveu”, disse Didier Mariotti, chef-de-cave da casa. Todas as quatros velas tiveram de ser removidas e o trabalho de restauração já começou. Mariotti estima que o custo ficará em torno de 100 mil euros.

Cercado por vinhedos Grand Cru, o moinho é usado pela G.H.Mumm para receber convidados desde 1996, quando se tornou propriedade da casa. Antes, ele pertenceu à casa Heidsieck Monopole e foi usado como posto de observação pelo exército francês durante a I Guerra Mundial. Ele é o único moinho em Champagne.

Redação
Publicado em 07/10/2013, às 11h08 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias