Quem disse

“Vinho é o único produto natural consumido pelos seres humanos que pode sobreviver ao homem”

Típico italiano, cheio de manis e genial, conheça Gianfranco Soldera


 

“Vinho é o único produto natural consumido pelos seres humanos que pode sobreviver ao homem” 

Gianfranco Soldera, produtor italiano

Gianfranco Soldera foi um produtor italiano que adquiriu em 1972 a Case Bassena na famosíssima cidade de Montalcino na Toscana.

Seu estilo de vinificar o clássico Brunello di Montalcino remontava ao método mais próximo do orgânico, influência trazida pela sua esposa Graziella. Soldera não utilizava temperatura controlada durante a fermentação e nem leveduras selecionadas, gostava de fazer o vinho mais próximo ao natural.

Cheio de manias, Gianfranco proibia que se cuspisse o vinho degustado e apenas bebia vinho se fosse na taça que ele mesmo desenhou para total apreciação do seu vinho.

LEIA MAIS

» Gianfranco Soldera: quem é o italiano arredio que inventou os vinhos naturais

» Brunello di Montalcino: entenda a fama

Como um apoixando por botânica, destinou na propriedade da vinícola uma área para o plantio de flores e árvores, destacando mais de 1500 variedades de rosas.

Em 2012 a vinícola foi alvo de um ataque de um antigo empregado. Andrea Di Gisi confessou o crime anos mais tarde. Ele entrou na vinícola e abriu os cascos das safras entre 2007 e 2012 que estavam estagiando em carvalho. A oxigenação acabou com cerca de 60.000 litros de vinho - o equivalente a mais de 80.000 garrafas - e gerou um prejuízo estimado em mais de 6 milhões de Euros.

Gianfranco Soldera faleceu em fevereiro de 2019 em um acidente de carro provavelmente causado por um infarto fulminante.

Seu vinho, suas lições e frases célebres, como ele mesmo bem apontou, viverão por bem mais tempo.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

 

 

André De Fraia

Publicado em 23 de Outubro de 2020 às 16:00


Notícias Quem disse Gianfranco Soldera Brunello di Montalcino