Em busca do armazenamento perfeito

Como guardar um vinho aberto

Dicas para preservar as propriedades da garrafa se não conseguir tomá-la por completo em um dia


 
É fato que o vinho é uma bebida que se deteriora com imensa facilidade quando exposto ao oxigênio ou mesmo à temperatura ambiente. O ideal sempre será consumir a garrafa por completo após aberta, porém, muitas vezes há sobras e uma grande dor no coração em pensar em desfazer-se do que restou.
Nesse cenário, recomenda-se antes de mais nada vedar a garrafa. A rolha original impedirá a entrada de oxigênio, no entanto, não irá retirar o que já está dentro da garrafa. Bombas à vácuo ou gás argônio são soluções que auxiliam na preservação das propriedades do rótulo por um período prolongado.
Leia mais:
Com o vinho devidamente fechado, ele precisa ser armazenado em uma adega com temperatura entre 10ºC e 13ºC. Não se aflija se não possuir uma adega climatizada. A geladeira é sempre uma opção, apenas atente-se para retirá-lo cerca de uma hora antes de servir novamente.
O importante é não esquecer a garrafa na adega ou na geladeira por muitos dias. Há um tempo máximo que cada tipo de vinho pode ser guardado após aberto:
Espumantes – 1 a 3 dias
Brancos leves – 1 semana
Brancos encorpados – 3 a 5 dias
Brancos aromáticos – 1 semana
Rosés – 1 semana 
Tintos leves – 3 a 5 dias
Tintos de médio corpo – 3 a 5 dias
Tintos encorpados – 3 a 5 dias
Fortificados / de sobremesa – 1 mês                        
Veja também:
+ Confira o guia prático do vinho
Como escolher sua primeira adega para vinhos?
10 acessórios que todo amante de vinho deve ter
Maria Bolognese

Publicado em 3 de Março de 2017 às 17:46


Notícias guia do vinho como armazenar vinho aberto como guardar vinho aberto