Seis dicas essenciais para bem conservar garrafas de vinho

Conselhos para guardar as garrafas de vinho corretamente e evitar que estraguem


adega

Segundo alguns, “o vinho é um organismo vivo”. E talvez seja mesmo, pois ele sofre muitas transformações durante sua “vida”. Tanto que é preciso ter cuidado para conservá-lo guardado, esperando o momento exato de consumi-lo. Com o passado do tempo, se não for bem guardado, vai se deteriorar.

Porém, um vinho guardado em boas condições, vai evoluir da forma desejada, ganhando complexidade, suavizando-se, sem estragar. Portanto, seguem aqui algumas dicas para guardar suas garrafas mais preciosas:

Leia mais:

+ Confira o guia prático do vinho

Como guardar um vinho aberto

Dicas para armazenar seu vinho

Ambiente escuro: a luz pode mudar as características do vinho em pouco tempo;

Temperatura controlada: o ideal é entre 12o e 18oC. Temperaturas extremas (especialmente calor) geram problemas. O calor acelera a evolução. O frio retarda;

Aeração e umidade: o ambiente deve estar aerado e é preciso umidade para que as rolhas não ressequem;

Isolamento: é importante colocar os vinhos longe de outros produtos que possam transmitir aromas, como embutidos, por exemplo;

Posição: o ideal é conservar as garrafas deitadas na horizontal, assim as rolhas ficam sempre úmidas, impedindo a entrada de oxigênio;

Estabilidade: evite vibrações, pois elas impedem que as partículas do vinho sedimentem e fique límpido.

Da redação

Publicado em 10 de Dezembro de 2013 às 09:08


Notícias dicas guardar vinhos conservar vinhos guia do vinho como guardar vinho