Escola do vinho

Conheça o blend do italiano Amarone della Valpolicella

Um dos vinhos mais clássicos da Itália tem regras bem específicas


 

Vinhedos no arredores de Verona

O clássico vinho italiano Amarone della Valpolicella, feito com uvas passificadas, é um blend de castas regionais do Vêneto, norte da Itália.

» Blend, corte ou mistura. Saiba tudo sobre esta técnica

» Por que misturar? Entenda como nasceram os blends

» Técnica ou inspiração? Como são criados os blends?

 

As especificações de produção atuais estabelecem a composição da mistura da seguinte forma: Corvina de 45 a 95%, no entanto, a presença da Corvinone - casta com características semelhantes à Corvina - é permitida em até 50% em substituição à mesma porcentagem de Corvina, ou seja, pode ser feito um blend com 45% Corvina e 50% Corvinone. Aceita-se ainda a Rondinella com uma porcentagem entre 5 a 30%. 

Outras variedades produzidas na região de Verona ainda são aceitas até a proporção de 25%, mas, os produtores mais tradicionais costumam se ater somente à dupla mais clássica, Corvina e Rondinella. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 3 de Março de 2021 às 19:00


Escola do vinho Blend Corte Mistura Vinho História Escolda do vinho Amarone della Valpolicella