Mundovino

Incrível: helicóptero e mar de velas espantam geada na França

A geada de primavera parece linda e romântica... Mas, na verdade, causa grande tensão ao mundo do vinho


 

 As "velas" já preparadas para aquecer o vinhedo durante a geada da primavera

Neste exato momento, a Europa vive um fenômeno conhecido como “geada de primavera”. Parece romântico, mas não é. O gelo que cai sobre o parreiral queima as videiras e os bagos (caso estes já existam), congela os brotos que estão nascendo e atrasa a maturação da uva.


Tudo isso, claro, compromete toda a produção do vinho, lá na frente.

A imagem das centenas de “velas” no meio dos seus vinhedos, na tentativa de manter seu parreiral aquecido, é um espetáculo.

Mas, na verdade, retrata um momento de muita tensão. Afinal, um vinhedo congelado pode levar a vinícola a perder uma safra inteira.

A enóloga Véronique Drouhin, da Maison Joseph Drouhin, na clássica região de Puligny-Montrachet, explica que o calor protege os parreirais contra as baixas temperaturas e a geada, fazendo com que o ciclo da uva não retarde e a maturação das uvas ocorra da melhor maneira possível.

O detalhe, cada uma dessas “velas” é acendida, claro, manualmente.

Mas a cena mais incrível foi registrada em Vougeot, onde está o lendário Clos de Vougeot, o maior vinhedo da Côte de Nuits.

Ali, além do fogo, um helicóptero foi utilizado para mover o ar e impedir que a temperatura atinja o ponto de geada, impedindo a manifestação do fenômeno.

Nos últimos dias, ADEGA tem recebido várias imagens dos produtores na Borgonha lutando contra a geada de primavera.

» Em pé ou deitada: existe uma posição correta para guardar as garrafas de vinho?

» Sim, é possível envelhecer vinhos com tampa de rosca

» Qual é a taça que devo escolher? Há um modelo para cada tipo de vinho

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 9 de Abril de 2021 às 11:30


Mundovino Geada da primavera Vinho Enologia Velas Fogo Parreiral Vinhedo