ADEGA indica

Grandes vinhos: John Duval Eligo 2015 tem fim de boca azul e 97 pontos em degustação de ADEGA

A cor é uma referência ao mirtilo puro que invade a boca, neste australiano feito para durar para sempre


John Duval e seu Eligo 2015, um 100% Shiraz feito com uvas provenientes de Eden e Barossa Valley

Os primeiros vinhos australianos só foram produzidos no final do século 19, depois de uma frustrada tentativa de plantar parreiras na Baía de Sydney, um século antes.

Mas foi a chegada de castas francesas na década de 1960 que deu o impulso para a produção de grandes vinhos na terra dos cangurus.

Cabernet Sauvignon e Chardonnay despontaram com vinhos únicos em terroirs com características singulares, porém foi a Syrah, ou Shiraz, quem melhor se entendeu com o clima seco e quente da Austrália.

O John Duval Eligo 2015 é um 100% Shiraz com metade das uvas provenientes de Eden Valley e a outra metade do seu vizinho mais famoso, o Barossa Valley, um dos primeiros terroirs australianos.

» Conheça todos os vinhos australianos já degustados pela ADEGA

» Quer mais dicas? Clique aqui e conheça a seção ADEGA indica

Um vinho que traz um equilíbrio maravilhoso entre a fruta e a pimenta branca típica da casta. Com fim de boca azul, mirtilo puro, como diz o degustador Christian Burgos, de ADEGA.

John Duval Eligo 2015 - AD 97 pontos

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 13 de Junho de 2021 às 13:00


Adega Indica ADEGA indica Indicação Vinho Grandes vinhos John Duval Austrália Shiraz John Duval Eligo 2015