Revista ADEGA
Busca

A lista

Os melhores vinhos de 2021

Uma prévia do nosso Top 100 para ir abrindo o paladar


Os melhores vinhos de 2021

Os melhores vinhos de 2021 em um resumão ADEGA para você

ADEGA traz, tradicionalmente, sua lista com os 100 melhores vinhos do ano. E conseguimos, por meio de uma incrível parceria com as maiores importadoras e os grandes produtores do país, degustar muitos antes de chegar no mercado.

Os destaques? Confira abaixo os vencedores de cada categoria.

Espumantes

Apesar da categoria ser dominada pelos brasileiros - principalmente quando falamos da seção Best Buy - o grande vencedor foi um Champagne! Sem surpresas.

Louis Roederer Cristal 2012

Louis Roederer Cristal 2012 - AD 98 pontos - Louis Roederer, Champagne, França

Este Champagne é 60% Pinot Noir e 40% Chardonnay,  com estágio de 32% do vinho base em carvalho, sem fermentação malolática e dosagem final de  7,5 g/l de açúcar. Nessa safra, permanece cerca de 6 anos em contato com as leveduras antes da degola. Apesar de ainda fechada, impressiona pela precisão e tensão do conjunto, tudo permeado por acidez elétrica, ótimo volume de boca e textura firme e cremosa. Justificadamente, uma das grandes edições do novo milênio até o momento, com potencial de envelhecimento de décadas.

Brancos

Entre os brancos tivemos um empate entre quatro rótulos. Dois do velho mundo e dois do novo mundo com duas uvas reinando: Chardonnay e Alvarinho. Com um detalhes muito especial, os quatro estão na categoria Best Buy, ou seja, grandes vinhos com uma relação de custo e qualidade excelente.

Amelia Chardonnay 2018

Amelia Chardonnay 2018 - AD 95 pontos - Concha y Toro, Limarí, Chile

Pelas mãos do genial Marcelo Papa, no terroir extremo e calcárico de Limarí, nasce este Chardonnay do vinhedo Quebrada Seca. Ele tem estágio de 12 meses em barris de carvalho francês, sendo 18% novos. Aqui o que reina é o volume de boca em harmonia com acidez elétrica, tensão e profundidade. Ainda está jovem e tudo para ficar ainda melhor nos próximos 10 anos. 

Pazo de Señorans Selección de Añada Albariño 2006

Pazo de Señorans Selección de Añada Albariño 2006 - AD 95 pontos - Pazo de Señorans, Rías Baixas, Espanha

Este, um 100% Chardonnay, sem passagem por madeira, mas mantido em contato com suas lias por 30 meses antes de ser engarrafado. Esbanja tensão, vivacidade e frescor de fruta, mesmo com mais de 10 anos de garrafa. Um surpreendente e delicioso vinho, que comprova a nobreza da Albariño.

Poeira Branco 2017

Poeira Branco 2017 - AD 95 pontos - Quinta do Poeira, Douro, Portugal

Também um 100% Alvarinho, mas aqui pulamos a fronteira e fomos para Portugal. Este vinho conta com fermentação e estágio de 9 meses em barricas de carvalho francês. Atenção com ele! Tem a virtude dos grandes vinhos de mostrar sutileza e delicadeza em perfeita harmonia com força e intensidade. Está excelente agora e tem tudo para ficar ainda melhor nos próximos 10 anos.

Tara White Wine 1 Chardonnay 2017

Tara White Wine 1 Chardonnay 2017 - AD 95 pontos - Ventisquero, Atacama, Chile

Voltamos à Chardonnay, ao Chile e a um terroir extremo. este 100% Chardonnay conta com fermentação espontânea (sem adição leveduras) dos cachos inteiros, sem adição de SO2 e engarrafado sem clarificação ou filtração. Fermenta e estagia majoritariamente em barricas de inox e pequena parte em foudres durante 24 meses. Um vinho intrigante e cativante, que sempre convida a uma segunda taça.

Rosés

Esqueça os delicados Provence ou os frutados chilenos. O melhor rosé do ano é português.

Buçaco Reservado Rosé 2017

Buçaco Reservado Rosé 2017 - AD 94 pontos - Palácio do Buçaco , Bairrada, Portugal

Produzido apenas com a uva Baga e fermentado e estagiado durante 6 meses com suas borras finas em barricas de carvalho, esbanja frutas vermelhas acompanhadas por notas terrosas, de ervas e de frutos secos, tudo sustentado por acidez refrescante e textura firme. Diferente, inusitado, mas acima de tudo um grande vinho, independentemente de seu estilo ou de sua cor.

Tintos

Empate de quatro vinhos na categoria. Aqui os espanhóis reinam, com dois rótulos. Chile e Portugal também marcam presença na lista que conta com dois vinhos Best Buy!

Almaviva 2018

Almaviva 2018 - AD 97 pontos - Almaviva, Maipo, Chile

Um clássico. Na safra 2018 composto de 79% Cabernet Sauvignon, 19% Carménère, 6% Cabernet Franc e 3% Petit Verdot, com 18 meses de estágio em barricas novas de carvalho francês. Mescla elegância com frescor e intensidade. Aqui precisão e equilíbrio são as palavras de ordem. Consequência de  uma safra excelente, que se comprova na taça. Um dos melhores Almaviva, senão o melhor, provado por ADEGA até hoje.

Castillo Ygay Gran Reserva Especial 2010

Castillo Ygay Gran Reserva Especial 2010 - AD 97 pontos - Marqués de Murrieta, Rioja, Espanha

Este é um 85% Tempranillo e 15% Mazuelo, com estágio de 24 meses em barricas de carvalho francês e americano. Entre os melhores, senão o melhor Ygay já produzido nas últimas décadas e que justifica a fama dessa safra excepcional em Rioja. Está excelente agora, mas recompensará os pacientes, pelo menos, nos próximos 30 anos.

Post Crucifixión 2018

Post Crucifixión 2018 - AD 97 pontos - Michelini i Mufatto & González, Bierzo, Espanha

O primeiro dos Best Buy que estão por aqui. Este é um 50% Mencía, 20% Merenzao, 10% Palomino, 10% Bracellao e 10% Godello, fermentado em ânforas de barro, com cachos inteiros, sem adição de leveduras, com 311 dias de maceração pelicular e estagiado durante 3 meses em barris usados de carvalho francês de 500 litros. Aqui os vinhedos quase centenários e vinificação minimamente intervencionista fazem toda diferença. em a virtude de ser extremamente frutado, mas também austero, de ser acessível, mas também introspectivo, de ser direto, mas também profundo e de ser aparentemente simples, mas, ao mesmo tempo, muito complexo.

Quinta do Vale Meão 2015

Quinta do Vale Meão 2015 - AD 97 pontos - Quinta do Vale Meão, Douro, Portugal

Mais um Best Buy entre os melhores! Elaborado majoritariamente a partir de Touriga Nacional, além de pequenas partes de Touriga Franca, Tinta Barroca e Tinta Roriz, com estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês de 225 litros, sendo 60% novas. Alia com maestria concentração, potência e finesse. Tem final longo, com toques terrosos, de amoras, de ervas frescas, de tabaco e de especiarias doces.

Doces e fortificados

Nessa categoria que vem ganhando mais e mais admiradores no Brasil, os clássicos é que mandam. Vinho da Madeira, do Porto e Jerez são os vencedores na categoria.

Blandy's 15 Years Old Rich Malmsey

Blandy's 15 Years Old Rich Malmsey - AD 94 pontos - Blandy's, Ilha da Madeira, Portugal

Produzido exclusivamente a partir de Malvasia (aqui chamada de Malmsey), com estágio mínimo de 15 anos em cascos de carvalho americano segundo o processo tradicional de canteiro (estufagem natural). Um ótimo exemplo do estilo rich, mostra excelente equilíbrio entre sua acidez vibrante e sua doçura, tudo envolto por frutos secos e em compota. Untuoso, profundo e intenso.

Graham's Quinta dos Malvedos Vintage Port 2008

Graham's Quinta dos Malvedos Vintage Port 2008 - AD 94 pontos - Symington Family Estates, Douro, Portugal

Complexo nos aromas e exuberante nos sabores, esbanja ameixas e cassis maduros e em compota, envoltos por notas florais, de ervas, de ervas, de especiarias doces e de cacau, com sua vibrante acidez e seus taninos firmes e de grãos finos trazendo equilíbrio ao conjunto.

Krohn Porto Colheita 2003

Krohn Porto Colheita 2003 - AD 94 pontos - Wiese & Krohn, Douro, Portugal

Impressiona pela concentração de fruta lembrando cerejas maduras e em compota, com sua acidez vibrante e sua textura firme e cremosa trazendo equilíbrio ao conjunto. Cheio e muito persistente, tem final cativante.

Regente Palo Cortado

Regente Palo Cortado - AD 94 pontos - Sánchez Romate, Jerez, Espanha

Este é um 100% Palomino Fino, com solera de, no mínimo, 15 anos. Autêntico vinho de meditação, com várias camadas de aromas e de sabores, mostradas de modo sutil e refinado e num contexto de refrescante acidez e de textura cremosa.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

André De Fraia
Publicado em 31/12/2021, às 13h25


Mais Degustamos e Gostamos