Revista ADEGA
Busca

Compra gigante

Grupo Rothschild assina acordo para compra de vinícola na Nova Zelândia

A compra da vinícola Akarua em Central Otago depende apenas da aprovação do Overseas Investment Office, órgão controlador neozelandês


Vista aérea da vinícola Akarua
Vista aérea da vinícola Akarua

Edmond de Rothschild Heritage, marca proprietária dos ativos de estilo de vida não bancário do Grupo Edmond de Rothschild, incluindo investimentos em vinho, hotéis, restaurantes e agricultura, assinou um acordo para comprar a vinícola Akarua em Central Otago, Nova Zelândia, local reconhecido pelo seu plantio de Pinot Noir.

O negócio ainda depende da aprovação do órgão regulador neozelandês, o Overseas Investment Office, mas se for adiante, o grupo Rothschild ganhará uma propriedade de 52 hectares com 34,5 ha de videiras na premiada sub-região de Bannockburn, em Central Otago, juntamente com a marca Akarua, fundada em 1996.

A aquisição reforçará as propriedades de vinhedos na Nova Zelândia para Edmond de Rothschild Heritage, que comprou 24 hectares de Sauvignon Blanc em Marlborough há 10 anos para produzir seu vinho Rimapere.

Comentando sobre a aquisição de Akarua, Boris Breau, diretor administrativo da Compagnie Vinicole Baron Edmond de Rothschild disse: “Focamos nossa busca em Central Otago, a outra região de Pinot Noir, com o objetivo de identificar o melhor solo lá. Com Akarua, estamos adicionando uma renomada vinícola familiar com mais de 20 anos ao nosso portfólio. Identificada como um dos melhores terroirs desta emblemática casta, tem ainda um forte potencial de crescimento, permitindo-nos completar a nossa gama e consolidar a nossa posição em vinhos premium”.

O grupo Edmond de Rothschild Heritage possui mais de 500 hectares de videiras espalhados por Bordeaux, Nova Zelândia, Argentina, Espanha e África do Sul.

André De Fraia
Publicado em 01/06/2022, às 08h00


Mais Mundovino