Mundo Vino

Mudança de estilo de vida tem levado franceses a comprar vinhedos para hobby

Agência aponta crescimento em investimentos em “vinhedos para hobby”


 

Um número crescente dos ditos “vinhedos para hobby” tem chegado ao mercado francês de propriedades vinícolas, visando entusiastas que buscam uma mudança de estilo de vida. Segundo a agência Vineyards-Bordeaux, cada vez mais empresários estão reformando propriedades com o objetivo de vendê-las por vários milhões de euros a colecionadores. 

LEIA MAIS

» Vinho está entre os itens mais colecionados do mundo

» Os melhores vinhedos do mundo

“Os vinhedos de hobby sempre foram liderados pelo lado da demanda, mas agora são do lado da oferta”, disse Michael Baynes, sócio executivo e cogerente da Vineyards-Bordeaux, afiliada à divisão imobiliária da Christie’s. Para ele, uma propriedade vinícola de hobby na área de Bordeaux normalmente começa com cerca de três hectares de vinhas. 

Os potenciais compradores são apaixonados por vinhos finos e se preocupam em encontrar lotes de terroir de qualidade, principalmente em denominações de menor prestígio, e são menos sensíveis à lucratividade”. Em geral, são pessoas que têm muito dinheiro e querem fazer um super pequeno vinho para seus próprios gostos. 

Uma propriedade de sete hectares atualmente listada pela Vineyards-Bordeaux custa pouco menos de 1,38 milhões de euros, incluindo 3,76 ha de videiras da denominação Graves plantadas com Merlot e Cabernet Sauvignon. Uma propriedade maior com um Châteauem Bergerac, está listada por cerca de 3,2 milhões de euros. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 13 de Outubro de 2020 às 10:35


Notícias Vinhedos Bordeaux Hobby Vinho

Artigo publicado nesta revista