Mundo Vino

Preços dos vinhedos aumentam e hectare na Borgonha pode custar 6,5 milhões de euros


 

Os preços dos vinhedos franceses de denominação controlada (AOP) mais que dobraram desde 1997, porém, considera-se que alguns estavam avaliados bem abaixo da média

Segundo a agência imobiliária Safer, um hectare de vinhedo Grand Cru da Borgonha custou € 6,5 milhões em média em 2019, um aumento de 4% em relação a 2018. Dados mostram que os preços médios de vinhedos Grand Cru da Borgonha aumentaram 71% desde 2012.

Já um hectare na denominação de Pauillac, em Bordeaux, custou em média 2,3 milhões de euros por hectare em 2019, um aumento de 5% em 2018, enquanto Pomerol aumentou 6%, para 1,9 milhões de euros por hectare. Na área de Champagne, na Côte des Blancs, as vinhas custaram pouco mais de € 1,6 milhão por hectare no ano passado, um aumento de 2% em relação a 2018.

 

LEIA MAIS

» Robert Parker, o crítico que mudou os rumos do vinho, é eleito o Homem do Ano

» “Somos todos mortais até o primeiro beijo e a segunda taça de vinho”

 

A agência imobiliária Safer listou o preços de terras vinícolas na França. De acordo com ela, um hectare de vinhedo Grand Cru da Borgonha custou, em média, € 6,5 milhões no ano de 2019

Em toda a França, os vinhedos de denominação controlada (AOP) custaram € 148.000 por hectare em média em 2019, um aumento de 0,5% em relação a 2018. Os preços das terras AOP mais que dobraram desde 1997, mas alguns estavam bem abaixo da média. Um hectare de vinhedo de Faugères no Languedoc (atualmente Occitanie) custou, em média, 16.000 € por hectare em 2019, ou seja, sem alteração de valor em relação a 2018. Fora das zonas AOP, os preços dos vinhedos franceses aumentaram em média 1,5% em 2019, para € 14.400 por hectare.

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 19 de Julho de 2020 às 12:00


Notícias

Artigo publicado nesta revista