Vinhas

Quais são as vinhas mais velhas do mundo?

Estima-se que a vinha mais velha do mundo tenha mais de 400 anos


Datar vinhas não é muito simples, portanto, duas disputam o título de mais antigas do mundo. A primeira fica em Maribor, na Eslovênia. Estima-se que a “stara trta” (vinha velha em esloveno) tenha mais de 400 anos. Ela produz entre 35 e 55 quilos da variedade Žametovka ao ano, que são vinificados para produzir pequenas garrafas dadas de presente para celebridades que visitam a cidade.

A segunda fica na região do Tirol, na Itália. Os proprietários do secular Castel Katzenzungen dizem possuir a vinha mais antiga do planeta, chamada de Versoaln. Eles acreditam que ela tem mais de 600 anos de existência, apesar de um estudo ter calculado a idade em 350 anos. Assim como a videira eslovena, ela produz pouco, cerca de 500 garrafas numeradas.

CLASSIFICAÇÃO DAS VINHAS VELHAS NA AUSTRÁLIA

A média de idade das vinhas na Austrália no começo do século XXI era de menos de 10 anos. Contudo, a região de Barossa possui algumas das mais antigas vinhas do Novo Mundo. Cientes de que possuíam um tesouro, os produtores se organizaram para preservar seus vinhedos, com alguns dos mais antigos datando de 1843. Em 2009, liderados por Robert HillSmith, da vinícola Yalumba, eles criaram uma classifi cação em quatro categorias de idade: Old (Velhas – com pelo menos 35 anos); Survivors (Sobreviventes – com, no mínimo, 70 anos); Centenarians (Centenárias – mais de 100 anos) e Ancestors (Ancestrais – mais de 125 anos).

Leia também:

Vinho velho é sinônimo de vinho bom?

+ Desvende as vinhas velhas e suas influencias no vinho

Como harmonizar vinhos antigos sem que percam o protagonismo

Da redação

Publicado em 15 de Junho de 2019 às 16:00


Notícias vinhas velhas vinhas vubhas mais antigas do mundo

Artigo publicado nesta revista