Provino 2019

Quem sabe vai mais longe

Série de palestras revela que o mercado brasileiro quer mais informação para continuar crescendo


Sala do Eno Cultura Fórum reuniu inúmeras pessoas interessadas em aprender mais sobre vinho e destilados

O Eno Cultura Fórum promoveu uma série de bate papos com o propósito de incentivar a educação sobre vinhos e destilados no Brasil. E foi o maior sucesso, com público acima das expectativas, durante os três dias da Provino 2019, em São Paulo.

Leia mais:

O novo Ménage à Trois

Paulo Laureano bom e barato

Women Wine Talks inspira mulheres no mundo do vinho

O espaço reuniu grandes nomes nacionais e internacionais do setor, que expuseram suas visões de mercado.

Os encontros aconteceram graças a uma parceira entre a escola Eno Cultura e a Provino.

O Provino Fórum, outro espaço de debates na feira, também teve as suas salas lotadas. Os participantes ficavam totalmente conectados com o assunto usando fones de ouvidos, inibindo sons do restante do evento, uma novidade apresentada no local.

“Falar sobre a importância da educação como pilar central de um desenvolvimento foi absolutamente vital. Tivemos discussões sobre tecnologia, sobre avanços de projetos como o omnichannel, sobre o uso de redes sociais. Tudo isso é muito importante para seguirmos aumentando o nosso mercado”, define Paulo Brammer diretor da Eno Cultura.

Alguns dos temas debatidos nas rodas de conversas foram venda de vinhos em restaurantes, vinho em lata, classificação dos vinhos alemães, destilaria nacional, gerenciamento de redes sociais e comportamento do consumidor. A sala ainda recebeu a Master of Wine Lydia Harrison para discutir educação etílica. “Um grande início para os próximos anos e foi tudo muito profissional. Foi bastante gratificante para gente dividir todo esse conhecimento”, pondera Paulo.

Veja também:

Vinho em discussão

O novo e elegante espumante da Miolo

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 19 de Outubro de 2019 às 15:00


Notícias Provino Provino 2019 EnoCultura Fórum Fórum Provino Eno Cultura Paulo Brammer