Alentejo

As sub-regiões de Alentejo

Alentejo em Portugal é dividida em diferentes sub-regiões produtoras de vinho


Alentejo é uma das principais regiões do mundo do vinho. Conheça as sub-regiões deste importante local de Portugal. 

1. Borba – Segunda maior sub-região do Alentejo. Apresenta solos xistosos e índices pluviométricos superiores, além de níveis de insolação ligeiramente inferiores à média alentejana.

2. Évora – Apresenta paisagem mais árida. É daqui que saem alguns dos mais reputados vinhos do Alentejo.

3. Granja-Amareleja – Com verões quentes e secos, possui um dos climas mais áridos de Portugal. Os solos são pobres, com a presença de xisto.

4. Moura – Mais para o interior do país, possui um clima continental com grandes amplitudes térmicas elevadas, além de invernos frios e verões quentes.

5. Portalegre – Clima mais fresco e úmido do que nas outras partes do Alentejo. Tem o potencial de produzir vinhos mais frescos e refinados.

6. Redondo – Invernos frios e secos, e verões quentes e ensolarados. Os solos, em sua maioria, são graníticos e xistosos.

7. Reguengos – É a maior e uma das sub-regiões mais reconhecidas. Tem clima continental, com invernos rigorosos e verões de extremo calor. Os vinhedos mais velhos do Alentejo estão plantados nela.

8. Vidigueira – Sub-região mais ao sul e com o clima mais temperado do Alentejo. Tem solos de origem granítica e xistosa.

Veja também:

+ Notícias de Alentejo

Enoturismo no Alentejo

Bons vinhos de Alentejo avaliados pela ADEGA

Da redação

Publicado em 18 de Junho de 2019 às 19:00


Notícias Alentejo vinhos portugueses regiões do vinho

Artigo publicado nesta revista

Tudo sobre o Alentejo

Revista ADEGA 103 · Maio/2014 · Tudo sobre o Alentejo

A história, o terroir e grandes vinhos para você degustar