Eucaristia?

Vaticano lidera consumo per capita de vinho no mundo

Com 842 habitantes, o país europeu ultrapassou números dos Estados Unidos e Itália


Segundo o Instituto do Vinho na Califórnia (CWI), organização norte-americana que analisa as tendências do mundo do vinho, o Vaticano, com seu singelo número de 842 habitantes, é o maior consumidor de vinho per capita, por consumo pessoal, no mundo. Cada residente bebe 74 litros da bebida por ano, equivalente ao dobro do consumo per capita de toda a Itália, além de ser sete vezes maior do que o dos Estados Unidos.

A maioria das pessoas pode imaginar que o cálculo absorve os números do vinho bebido em missas, mas segundo a CWI, o vinho da eucaristia está fora da equação. A bebida das missas é comprada de um distribuidor especial, pois ela deve ser fermentada naturalmente e não pode se misturar com outra substância.

Segundo a CWI, a lógica que explica o grande consumo de vinho em um país tão pequeno, é de que grande parte dos habitantes do Vaticano são autoridades eclesiásticas e freiras que jantam em restaurantes locais onde o vinho flui livremente. Além disso, o vinho é um dos presentes mais comuns para o papa.

Amante do vinho

Após saudar casais que completavam 50 anos de casamento, o papa Francisco defendeu o vinho, no último mês, dizendo que "não se pode encerrar uma festa de casamento com chá, seria uma vergonha. O vinho é necessário para uma festa", afirmou o líder da Igreja Católica em uma audiência geral no Vaticano.

 

Da redação

Publicado em 5 de Julho de 2016 às 14:00


Notícias Vaticano Vinho Papa