Mundovino

Apesar das novidades, a rolha de cortiça domina o mercado mundial

Pesquisa diz que ela é usada na vedação de 90% dos vinhos no segmento premium


 

 A pesquisa mostra que 67% dos vinhos que custam US$ 6 ou mais são arrolhados

O mercado dos Estados Unidos comprova, por mais que hajam novas tecnologias, a rolha de cortiça ainda domina os vinhos, principalmente se falarmos do segmento premium.

De acordo com dados da Nielsen, uma das maiores e mais prestigiadas agências de pesquisa de marketing, a rolha é a vedação preferida pelos produtores em todas as faixas de preço.

Porém, é no segmento premium que a hegemonia da rolha aparece com força. A pesquisa diz que 90% dos vinhos de alta gama – com valores acima dos US$ 20 – são arrolhados.

E mais, se em 2010 apenas 47% dos vinhos que custam US$ 6 ou mais eram arrolhados esse número subiu para 67% em 2020.

“Dadas as incríveis propriedades naturais da cortiça, faz sentido que a maioria dos vinhos premium nos Estados Unidos sejam selados com cortiça ”, sugere Carlos de Jesus, Diretor de Marketing e Comunicação de Cork da Amorim, empresa responsável por 44% da produção mundial de rolhas.

Um estudo da Wine Intelligence publicado por ADEGA, mostra que a maioria dos consumidores estão cada vez mais preocupados com as mudanças climáticas, a rolha de cortiça, por ser um produto natural com uma produção limpa, acaba sendo o material que faz mais sentido dentro de uma mentalidade sustentável.

» Nova sede da “ONU do vinho” faz política francesa pegar fogo

» Gigante do vinho americano é vendida por US$ 1,2 bilhão

» Quantas uvas são necessárias para produzir uma garrafa de vinho?

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 24 de Julho de 2021 às 14:31


Mundovino Rolha Mercado Vedação Vinho Enobusiness