Mundovino

Eduardo Jordán é nomeado diretor técnico da Miguel Torres

O enólogo Eduardo Jordán substitui Fernando Almeda na vinícola Miguel Torres Chile


O enólogo Eduardo Jordán foi nomeado como novo diretor técnico da vinícola Miguel Torres Chile, substituindo Fernando Almeda. Jordán passou 16 anos trabalhando em De Martino, no Maipo, sob o comando de Marcelo Retamal. Agora, administrará a produção de vinhos da Torres, que abrange mais de 400 hectares, de Elqui a Osorno.

“É uma grande oportunidade e um novo desafio para mim. Miguel Torres é uma vinícola com uma grande tradição de conquistas importantes e inovadoras para o Chile. É importante para mim que a Torres sempre tenha se comprometido com seus produtores, tenha uma visão de longo prazo e seja uma vinícola familiar. Estou muito motivado e ansioso para construir os alicerces que a família Torres estabeleceu”, afirmou Jordán. O espanhol Fernando Almeda, trabalhou pela primeira vez na vinícola Torres, na Espanha, há 30 anos, e mudou para o Chile para ser diretor técnico no Novo Mundo três anos depois. “Quando cheguei [a Miguel Torres, no Chile], tinha apenas 25 funcionários. Hoje somos mais de 200, produzindo 600.000 caixas e 35 vinhos diferentes! Estou muito orgulhoso do time que formei e do trabalho que fizemos, em especial da recuperação de castas antigas no Chile, incluindo o País, Cinsault, Moscatel e Carignan”, disse Almeda, que pretende se concentrar nos estudos para se tornar um Master of Wine.

Veja também:

+ Os melhores rótulos de Miguel Torres

Rota de vinhos e graffiti é lançada no Chile

Enoturismo em Santiago e no Vale de Colchagua

Da redação

Publicado em 16 de Fevereiro de 2019 às 13:00


Notícias Eduardo Jordán Vinho chileno Miguel Torres Notícias Chile

Artigo publicado nesta revista

Cult Wine Da Toscana

Revista ADEGA 159 · Janeiro/2019 · Cult Wine Da Toscana

Caberlot, História e Degustação Exclusiva