Hotel de luxo tem parte do seu estoque de vinho roubado

As 80 garrafas levadas pelos ladrões somavam um valor de mais de 60 mil libras


No dia 11 de novembro, durante a madrugada, a premiada adega do hotel Lime Wood, de propriedade do bilionário Jim Ratcliffe, foi furtada. Ladrões entraram e roubaram “apenas” 80 garrafas. Contudo, os criminosos parecem ter ido direto em rótulos preciosos. “Aproximadamente 80 garrafas foram levadas, com um valor de cerca de 65.000 libras”, disse um porta-voz do hotel, localizado em New Forest, no sul da Inglaterra.

A carta de vinhos do Lime Wood possui desde Romanée-Conti a Screaming Eagle, o cult wine do Napa, mas o hotel não quis especificar quais garrafas ou safras foram roubadas. A polícia enviou um alerta para que pessoas fiquem atentas caso vejam vinhos de alto padrão sendo oferecidos abaixo de mercado. As circunstâncias do roubo ainda estão sob investigação

Com o furto, o Lime Wood se junta à estatística. Sim, ele não é o primeiro a ter sua adega roubada este ano. Em junho, safras “insubstituíveis” de Romanée-Conti e outros rótulos foram levados da Maison Rostang, em Paris. Estimou-se, na época, um prejuízo de US$ 400.000.

 

Da redação

Publicado em 8 de Janeiro de 2020 às 17:14


Notícias vinho roubo hotel luxo libras

Artigo publicado nesta revista