Revista ADEGA
Busca

Vinho na roupa

Já pensou em colocar vinho na roupa ao invés de tirar uma mancha?

O segredo é escolher uvas tintoreiras para tingir por completo as roupas


A cor da uva está na casca, e algumas variedades são conhecidas como mais “tintoreiras” do que outras
A cor da uva está na casca, e algumas variedades são conhecidas como mais “tintoreiras” do que outras

A mancha de vinho na toalha branca é um dos pesadelos dos restaurantes e na camisa branca do cliente, então, é algo que todo sommelier é treinado para atender, mas adoraria evitar. Mas e se, ao invés de tentar tirar a mancha, você resolver tingir o tecido?

Ao longo dos séculos muitas substâncias naturais têm sido utilizadas no tingimento de tecidos e nos últimos tempos, dado a busca por alternativas menos químicas e industriais, muitas pessoas têm buscado na natureza os ingredientes para dar cor às roupas e acessórios da casa. O café dá os tons terrosos, o chá preto traz os amarelados, os verdes vêm das folhas comestíveis, como o espinafre, os rosados podem ser obtidos com o suco da beterraba ou de cereja e até flores. Mas a cor de vinho vem mesmo, do vinho!

A cor da uva está na casca, e algumas variedades são conhecidas como mais “tintoreiras” do que outras, como a casta Alicante Bouschet, que resulta num vinho quase negro. É claro que não vai usar uma bela garrafa de Alicante para tingir uma toalha! A menos, óbvio, que o vinho aberto não esteja bom, daí uma alternativa seria utilizá-lo para tingir uns belos guardanapos de linho. Aliás, quanto mais natural o tecido (algodão, linho etc.) melhor a fixação da cor. Quer as dicas?

Escolha o tecido e certifique-se de que esteja limpo e lavado, sem amaciante, para que as fibras absorvam mais tinta. Escolha uma panela grande, coloque o vinho e água (proporção de 100 ml de vinho para cada 100 gramas de peso da peça seca). Quanto mais vinho e mais tintoreiro ele for, mais forte a cor final. Para rosados, é só diluir mais. Acrescente uma colher de sopa de sal grosso para cada litro de líquido. Mergulhe o tecido para que fique completamente e uniformemente molhado, deixe em fogo muito, muito baixo durante ao menos uma hora. Verifique a cada 15 minutos, levantando com cuidado a peça com uma pinça grande ou colher de pau. Se evaporar muito, acrescente mais vinho e água até chegar na coloração que lhe agrade.

Já pensou colocar vinho na roupa ao invés de tirar uma mancha?
A receita é simples e o resultado é excelente

Desligue o fogo, coloque um peso sobre a peça e tampe, deixando descansar por três horas. Para fixar melhor a cor, coloque mais uma colher de sopa de sal grosso e 100 ml de vinagre (de vinho, claro) branco por litro de líquido, misturando bem. Deixe descansar por mais três horas. Escorra e deixe secar fora do sol com a peça bem estendida. Não lave imediatamente, mas pode passar com ferro sem utilizar amaciante. Essa técnica pode ser utilizada em peças de roupa como camisetas e blusas ou em tecidos lisos como toalhas, guardanapos, panos de copa ou até fronhas.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aquiEbook ADEGA - Os melhores vinhos de 2021

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 15/03/2022, às 15h10


Mais Mundovino